Empresário de Covington afirma que luta com Woodley está sendo planejada para o UFC 233

Segundo Dan Lambert os campeões interino e linear devem medir forças pela unificação do título dos meio-médios no dia 26 de janeiro em Anaheim (EUA)

C. Covington (esq.) e T. Woodley (dir.) se encaram para unificar o cinturão. Foto: Montagem SL/MMA Press

O confronto entre Tyron Woodley e Colby Covington pela unificação do cinturão dos meio-médios foi cogitado para ocorrer no UFC 228. No entanto ‘Chaos’ havia passado por uma cirurgia no nariz e não aceitou o confronto. Segundo o empresário do campeão interino, Dan Lambert o encontro entre os arquirrivais vem sendo planejado para o UFC 233.

Veja Também

Colby Covington desafia Tyron Woodley para luta no UFC 230
Colby Covington vai ‘torcer por Tyron Woodley’ no UFC 228

Em entrevista ao site norte-americano Fightful, Dan contou que o Ultimate questionou se Covington estaria pronto para o combate no dia 26 de janeiro em Anaheim (EUA). Mesmo com Colby preparado, o empresário não tem certeza que Woodley vai aceitar a data do duelo, pois ainda se recupera de uma cirurgia na mão.

“O timing da luta de setembro (UFC 228) não funcionou para Colby porque ele havia acabado de fazer uma cirurgia e seria uma reviravolta rápida. Eles (o UFC) entraram em contato e perguntaram se Colby estará disponível em janeiro para o 26º show (UFC 233), mas não estão certos de que o T-Wood (Tyron Woodley) estará disponível para o card. Ele ainda está se recuperando de uma cirurgia na mão, então eu não tenho certeza quando as lutas serão se eu tivesse que adivinhar. Pode ser em janeiro ou fevereiro (UFC 234), pode chegar a março (UFC 235) dependendo da mão do T-Wood”, disse Lambert.

Em seu último compromisso, Covington derrotou Rafael Dos Anjos por decisão unânime e conquistou o cinturão interino dos meio-médios. Após o duelo Colby precisou passar por uma cirurgia no nariz. Com isso, o Ultimate escalou Darren Till para enfrentar Woodley pelo título da categoria no UFC 228. Tyron venceu por finalização e manteve a cinta, mas sofreu uma lesão na mão. ‘Chose One’ precisou passar por um procedimento cirúrgico e ainda está em recuperação.

O primeiro evento numerado anunciado pela organização é o UFC 233 que ocorre no dia 26 de janeiro de 2019, em Anaheim (EUA). O Ultimate ainda não confirmou a luta principal, mas se especula que TJ Dillashaw e Henry Cejudo se enfrentem em uma superluta pelo cinturão dos moscas.

O UFC 234 está marcado para o dia 9 de fevereiro de 2019, em Melbourne (AUS). A luta principal será entre Robert Whittaker e Kelvin Gastelum pelo título dos médios.

No dia 02 de março a organização vai realizar o UFC 235 em Las Vegas (EUA). Até o momento nenhum confronto foi confirmado para o card.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário