Saiba como apostar no UFC China neste sábado

Como faturar uma grana-extra assistindo o UFC Pequim, com revanche entre os pesados Curtis Blaydes e Francis Ngannou

 

Blaydes x Ngannoufazem luta principal do UFC Pequim. Foto: Reprodução / Youtube

Mais uma metrópole vai entrar com força no mapa do MMA. Sede dos Jogos Olímpicos de 2008, a imensa Pequim, com mais de 20 milhões de habitantes, vai receber, neste sábado (24), o UFC China, que terá como atração principal a revanche dos pesados Curtis Blaydes (dos Estados Unidos) e Francis Ngannou (de Camarões), números 3 e 4 do ranking da divisão.

Veja Também

Blaydes e Ngannou confirmam luta principal do UFC Pequim

O UFC China vinha com uma atração especial para os brasileiros, que seria a participação de Elizeu Capoeira. Escalado para enfrentar Li Jingliang, o brasileiro teve uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito e foi retirado da luta. Sua ausência, porém, não tira a possibilidade de se tomar contato com o mundo das apostas – e para quem já está familiarizado com os combates, nada melhor que um card do UFC para realmente ficar o mais por dentro possível do assunto e começar a investir os seus créditos.

Como faço para começar?  

Quem nunca apostou não precisa se preocupar. É fácil, uma verdadeira moleza, ver as lutas e buscar os seus primeiros lucros com segurança: basta entrar no OddsShark.com, um site parceiro que é dos mais respeitados deste ramo em todo o mundo, escolher uma casa de apostas e criar uma conta. É muito simples, como criar um login em qualquer outro ramo da internet atual.

Uma vez efetuado o cadastro e inserido os créditos, é só ficar de olho nas opções mais rentáveis, incluindo uma infinidade de combinações. As lutas são as opções mais simples do mundo das apostas. Não tem como errar. É escolher quem vai ganhar e em que assalto a luta vai acabar.

Mas antes de destrinchar as principais lutas do UFC China, é essencial ressaltar a necessidade de que cada um deve estudar o evento em detalhes. Afinal, não dá para sair queimando dinheiro por aí, e o fato de a aposta ser feita em uma casa de apostas hospedada na internet não deve mudar em nada no cuidado ao se fazer os investimentos nos combates.

No caso do UFC, as dicas básicas são a análise do retrospecto de cada um dos lutadores e a busca pelo noticiário sempre atualizado para saber lesões ou demais limitações que possam mudar a perspectiva do investimento. O mundo das apostas está em franco crescimento em todo o mundo, e no Brasil não é diferente. Vale demais a pena tentar usar o conhecimento sobre tudo o que acontece no octógono na possibilidade de reforçar o caixa.

E quais os lucros para Blaydes x Ngannou?

Curtis Blaydes entra como favorito neste sábado, pagando R$ 1,44 a cada R$ 1,00 apostado em sua vitória. E seu cartel demonstra mesmo boas possibilidades de êxito. Ele tem 12 combates em seu retrospecto, com 10 vitórias, uma derrota e uma luta sem resultado. Blaydes está invicto há cinco combates, todos eles terminados com triunfos. Sua última derrota foi um nocaute justamente para o oponente de agora, Francis Ngannou, no UFC Zagreb – e isso aconteceu no já consideravelmente distante abril de 2016.

Já o camaronês Ngannou entra como um leve azarão, devolvendo R$ 2,87/R$ 1,00 – um lucro de 287%, bem alto para o mundo das lutas. E a razão da alta cifra é uma só: como o fã das lutas sabe, ele vive o pior momento da sua carreira, com duas derrotas seguidas, uma para o croata-americano Stipe Miocic e outra para o norte-americano Derrick Lewis. Seu cartel no MMA, porém, mostra que não é interessante descartá-lo de antemão. Francis tem até aqui 14 lutas, com 11 vitórias.

É claro que as cotações simples se desmembram em muitas outras. As opções são de tirar o fôlego e desafiar o conhecimento de qualquer um. Há, por exemplo, alternativas para se lucrar com o método de vitória (se nocaute, nocaute técnico ou decisão dos árbitros), em que assalto a luta termina e muito mais.

O card do UFC China também contará com outro pesado importante da categoria. Vindo de duas derrotas consecutivas, justamente contra a dupla responsável pelo main event em Pequim, o ex-desafiante ao cinturão Alistair Overeem (holandês nascido na Inglaterra) vai enfrentar o russo Sergey Pavlovich, que fará sua estreia no UFC.

O favoritismo pode deixar muita gente surpresa, mas ele pertence a Pavlovich, que paga R$ 1,72 a cada R$ 1,00 apostado. Overeem produz um ganho levemente maior, de R$ 2,10/R$ 1,00.

Uma das razões para a disparidade nas cotações é o cartel de cada um dos lutadores. Pavlovich terá seu primeiro contato com o UFC, mas aparece com um retrospecto de 12-0 até aqui. Já Overeem é um veterano que está no UFC desde 2011, quando bateu Brock Lesnar, e aparece com nada menos que 43 vitórias e 17 derrotas no cômputo geral.

As casas de apostas indicam que os combates vão começar às 6h10 (de Brasília) de sábado, mas quem acompanha luta de verdade sabe que os horários no UFC são flutuantes e difíceis de prever.

Os cards (preliminar e principal) deste sábado na Cadillac Arena têm as seguintes cotações, segundo o OddsShark.com:

John Phillips (R$ 4,50) x Kevin Holland (R$ 1,22)

Kenan Song (R$ 1,90) x Alex Morono (R$ 1,90)

Pingyuan Liu (R$ 1,40) x Martin Day (R$ 3,00)

Sumudaerji Sumudaerji (R$ 2,80) x Louis Smolka (R$ 1,45)

Weili Zhang (R$ 1,20) x Jessica Aguilar (R$ 4,80)

Xiaonan Yan (R$ 1,22) x Syuri Kondo (R$ 4,50)

Yanan Wu (R$ 4,00) x Lauren Mueller (R$ 1,25)

Yaozong Hu (R$ 2,10) x Rashad Coulter (R$ 1,72)

Alistair Overeem (R$ 2,10) x Sergei Pavlovich (R$ 1,72)

Curtis Blaydes (R$ 1,44) x Francis Ngannou (R$ 2,87)

Li Jingliang (R$ 1,57) x David Zawada (R$ 2,50)

Yadong Song (R$ 1,18) x Vince Morales (R$ 5,00)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments