Hunt faz criticas ao Ultimate após polêmica no UFC 232: ‘Espero que ninguém compre o pay-per-view’

O lutador atacou e ironizou o Ultimate por mudar o local do evento de número 232 somente para manter Jon Jones no card e vender pacotes de PPV

M. Hunt se despediu do UFC em Adelaide. Foto: Reprodução/Instagram @markhuntfighterHunt

Mark Hunt fez sua última luta no Ultimate em Adelaide no início de dezembro. Sem ‘papas na língua’, o peso pesado e criticou a organização por mudar o local do evento de número 232 para manter Jon Jones no card. O último show do ano deixou Las Vegas e vai ser realizado em Inglewood na Califórnia.

Veja Também

UFC 232 sai de Las Vegas para Califórnia após problema em antidoping de Jon Jones
Daniel Cormier chama USADA de ‘piada’ após nova polêmica com Jones

Mark sempre atacou atletas que utilizavam doping para ter uma melhor performance dentro do octógono no Ultimate. Por meio de suas redes sociais, ‘Super Samoan’ censurou a organização por não retirar Jones e deixar o evento na T-Mobile Arena em Las Vegas.

Hunt afirmou que a atitude do Ultimate foi desrespeitosa com os fãs da franquia que compraram ingressos para assistirem ao show. Ele espera que ninguém compre os pacotes pay-per-view, pois acredita que a organização somente pensou na renda que arrecadaria com a televisão.

“UFC, Ultimate F**** Cheaters. Por que não tiram o Jones, pagam o Gustafsson e deixam o evento em Vegas? Todos os fãs e famílias que pagaram não querem perder. Ah, é, vocês só ligam para pay-per-view. Feliz Natal para todos que já pagaram pra ir lá. Eu espero que ninguém compre o PPV, seus filhos da p***. O mínimo que vocês poderiam fazer é pagar todos os voos para a Califórnia e as acomodações. Ingressos, comidas e tudo que vocês estragaram. Ah, e você pode enfiar o meu dedo torto no seu rabo para o Natal, Dana White, sua p*** burra”, escreveu Hunt.

Jones foi flagrado com resquícios do esteroide turinabol em exame antidoping no domingo (23). A Comissão Atlética de Nevada não autorizou a participação de Jon, pois não teria tempo suficiente para investigar o resultado dos testes até o dia 29 de dezembro. A medida que o comitê da Califórnia já havia permitido a volta de ‘Bones’, Inglewood foi escolhida como sede do último show da franquia em 2018.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário