Cris Cyborg recebe 45 dias de suspensão médica após nocaute no UFC 232

Gustafsson também levou gancho de 45 dias após nocaute para Jones na luta principal em Los Angeles. Enquanto, outros cinco lutadores receberam a suspensão de seis meses

C. Cyborg foi nocauteada aos 51 segundos do primeiro round. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Comissão Atlética do Estado da Califórnia divulgou a lista de suspensões médicas do UFC 232, que ocorreu dia 29 de dezembro em Los Angeles (EUA). Entre os 12 atletas que vão ficar afastados do octógono está Cris Cyborg. A paranaense foi nocauteada por Amanda Nunes aos 51 segundos do evento co-principal. Com isso, ela recebeu um gancho de 45 dias.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute de Jon Jones sobre Alexander Gustafsson no UFC 232
VÍDEO: Assista o nocaute de Amanda Nunes sobre Cris Cyborg no UFC 232

Alexander Gustafsson foi nocauteado por Jon Jones aos 2m02s do terceiro round da luta principal do UFC 232. O sueco levou uma suspensão de 45 dias e terá de ficar um mês sem contato.

Cinco lutadores levaram o gancho máximo do evento de 180 dias: Walt Harris, Andrei Arlovski, Douglas D’Silva, Curtis Millender e Siyar Bahadurzada. Eles podem voltar a lutar em julho deste ano, ou antes se tiverem a liberação médica.

Confira a lista completa das suspensões médicas

Walt Harris: suspenso por 180 dias, ou deve ser liberado por médico por uma possível fratura no joelho esquerdo;

Andrei Arlovski: suspenso por 180 dias, ou deve ser liberado por médico por uma possível fratura no nariz;

Douglas D’Silva: suspenso por 180 dias, ou deve ser liberado por um médico por possíveis fraturas; suspenso por 60 dias, ou deve ser liberado por um médico pela laceração no olho esquerdo; independentemente, suspenso por 45 dias, e 30 dias sem contato;

Curtis Millender: suspenso por 180 dias, ou deve ser liberado por um médico devido a possível fratura no cotovelo direito;

Siyar Bahadurzada: suspenso por 180 dias, ou deve ser liberado por um médico devido a uma possível fratura na mandíbula e no joelho esquerdo;

Ilir Latifi: suspenso por 60 dias, ou deve ser liberado por um médico devido a laceração da pálpebra esquerda;

Alexander Volkanovski: suspenso por 60 dias, ou deve ser liberado por um médico devido à laceração da sobrancelha esquerda;

Alexander Gustafssson: suspenso por 45 dias, e 30 dias sem contato devido a nocaute;

Cris Cyborg: suspensa por 45 dias, e 30 dias sem contato devido a nocaute;

Chad Mendes: suspenso por 45 dias, e 30 dias sem contato devido a nocaute técnico;

Cat Zingano: suspensa por 45 dias, e 30 dias sem contato devido a nocaute técnico; suspensão obrigatória de sete dias devido a lesão nos olhos;

Bevon Lewis: suspenso por 45 dias, e 30 dias sem contato devido a nocaute.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário