UFC Brooklyn: Vinicius Mamute e Ariane Lipski perdem no card preliminar

Primeiros brasileiros a subirem no octógono em 2019, Vinicius Mamute e Ariane Lipski foram superados para Alonzo Menifield e Joanne Calderwood, respectivamente

Caldewwod vence Ariane no card preliminar. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

O ano de 2019 começou com um gosto amargo para os lutadores brasileiros. Com dois representantes no card preliminar do UFC Brooklyn, evento realizado neste sábado (19), em Nova York (EUA), o país deixou a área de lutas com duas derrotas.

Em sua estreia no Ultimate, Vinicius Mamute não foi páreo para Alonzo Menifield e perdeu por nocaute no primeiro round. Já Ariane Lipski, que também debutava no show, foi superada pela escocesa Joanne Calderwood

Ariane Lipski perde em estreia

Veja Também

UFC Brooklyn: Cejudo atropela Dillashaw, defende cinturão e mantém viva divisão dos moscas
VÍDEO: Assista o nocaute de Henry Cejudo sobre TJ Dillashaw no UFC Brooklyn
Glover Teixeira leva susto, mas finaliza Karl Roberson no UFC Brooklyn
VÍDEO: Assista os melhores momentos da vitória de Glover Teixeira no UFC Brooklyn
VÍDEO: Ex-NFL acusado de violência doméstica é desclassificado em sua estreia no UFC

Com nome polonês, mas nascida em Curitiba, Ariane Lipski sofreu em sua estreia no octógono. A paranaense não conseguiu impor seu jogo em pé contra a escocesa Joanne Calderwood e acabou superada na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26).

No primeiro round da disputa, Ariane tentou colocar a pressão que a fez ficar conhecida como ‘A Rainha da Violência’. Ela até acertou bons golpes em Calderwood, mas a escocesa aproveitou uma dessas investidas para levar a brasileira para o solo. Por cima, Joanne dominou a rival. Ela ficou por cima e atacou no mata-leão em três tentativas, mas Lipski defendeu todas as tentativas. Nos segundos finais, a escocesa ainda atacou o braço, porém, novamente, Ariane conseguiu se defender.

Abalada pela queda na parcial anterior, Ariane voltou para o segundo assalto sem o mesmo ímpeto. A brasileira tentou combinar socos e chutes, mas não tinha a distância para acertar a rival. Por sua vez, Calderwood respondia na mesma moeda. As duas trocavam golpes, e a escocesa era perigosa quando se aproximava. No minuto final, Joanne ainda tentou a queda, mas sem sucesso. Mesmo assim, ela terminou o round pressionando na grade para somar pontos.

Com a luta quase ‘perdida’, na decisão, Ariane voltou para o terceiro round precisando nocautear ou finalizar. No início da parcial, a brasileira conseguiu acertar alguns golpes, mas teve seu melhor momento quando derrubou Calderwood. Ela já caiu com a guarda passada. Porém, ao tentar chegar a montada, a escocesa repôs a guarda e começou a atacar mesmo por baixo. Joanne tentou o triângulo duas vezes e uma chave de braço, mas a brasileira, mais uma vez, conseguiu escapar. Apesar de terminar o combate por cima, Ariane Lipski não conseguiu atacar e acabou superada na decisão;

Mamute sofre nocaute diante Alonzo Menifield

Alonzo (esq.) bate Mamute (dir.) no UFC Brooklyn. Foto: Reprodução / Twitter

Primeiro brasileiro a subir no octógono em 2019, Vinicius Mamute não teve a estreia que esperava no UFC. Revelado pelo Contender Series Brasil, show que buscou novos talentos no país em 2018, o brasiliense amargou sua segunda derrota como profissional com um duro nocaute aos 3m56s de luta.

Logo no início do duelo, o norte-americano Alonzo Menfield mostrou todas as suas armas na luta em pé e conectou uma bomba contra Mamute. O brasileiro foi ao chão, mas conseguiu se recuperar, escalou o rival e conseguiu ficar em pé.

Com moral pelo início avassalador, Menfield travou todas as entradas de Mamute e com um duro cruzado voltou a derrubar o brasileiro. Por cima, o norte-americano ainda golpeou mais algumas vezes até o árbitro interromper a disputa e decretar o nocaute técnico.

Resultados do card preliminar do UFC Brooklyn

Peso leve: Donald Cerrone derrotou Alexander Hernandez por nocaute técnico a 3m43s do R2

Peso mosca: Joanne Calderwood derrotou Ariane Lipski na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso meio-pesado: Alonzo Menifield derrotou Vinicius Mamute por nocaute técnico a 3m56s do R1

Peso galo: Cory Sandhagen finalizou Mario Bautista com uma chave de braço a 3m31s do R1

Peso leve: Dennis Bermudez derrotou Te Edwards na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-26)

Peso meio-médio: Geoff Neal derrotou Belal Muhammad na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Chance Rencountre finalizou Kyle Stewart com um mata-leão a 2m25s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário