VÍDEO: Ex-NFL acusado de violência doméstica é desclassificado em sua estreia no UFC

Greg Hardy, ex-defensor do Dallas Cowboys, voltou a aprontar em sua estreia no UFC, quando acertou uma joelhada ilegal em Allen Crowder

Hardy aplica joelhada ilegal no UFC Brooklyn. Foto: Reprodução / ESPN

A NFL, liga de futebol americano dos EUA, chega a sua reta final neste domingo, mas um velho conhecido do esporte aprontou em sua estreia no octógono. Greg Hardy, ex-jogador do Dallas Cowboys, foi banido da liga após ser preso por agressão doméstica. Agora, em sua primeira luta no Ultimate, ele foi desclassificado por um golpe ilegal.

Veja Também

UFC Brooklyn: Cejudo atropela Dillashaw, defende cinturão e mantém viva divisão dos moscas
VÍDEO: Assista o nocaute de Henry Cejudo sobre TJ Dillashaw no UFC Brooklyn
Glover Teixeira leva susto, mas finaliza Karl Roberson no UFC Brooklyn
VÍDEO: Assista os melhores momentos da vitória de Glover Teixeira no UFC Brooklyn
UFC Brooklyn: Vinicius Mamute e Ariane Lipski perdem no card preliminar

O agora lutador acertou uma joelhada em Allen Crowder, quando ele estava no chão (veja o golpe abaixo). O duelo entre os pesos pesados foi a segunda luta mais importante do UFC Brooklyn, realizado neste sábado (19), em Nova York (EUA).

A polêmica estreia de Greg Hardy no UFC

Greg Hardy chegou a anunciar na semana do UFC Brooklyn que vinha fazendo tratamento com uma psicologa para o controle de raiva. Após ser preso em 2015, por violência doméstica, o ex-defensor do Dallas Cowboys – equipe mais tradicional da NFL -, migrou para o MMA e garantiu estar mudado. Porém, em sua primeira luta no UFC ele aprontou novamente.

Com o adversário, Allen Crowder, ajoelhado e segurando uma de suas pernas, o norte-americano disparou uma joelhada em cheio no rosto do rival.

O árbitro Dan Magliota ficou visivelmente irritado com Hardy e falou várias palavras de baixo calão ao lutador. Ele chegou a gritar que se Crowder não voltasse, ele iria o desclassificar. Allen percebeu o fato e deixou a área lutas para ser declarado vencedor.

A luta antes do golpe ilegal

O combate entre os pesos pesados começou quente. Hardy conectou os melhores em pé, mas Crowder conseguiu uma queda e ficou boa parte da parcial por cima, mas sem golpear.

No segundo assalto, a disputa perdeu ritmo com os lutadores demonstrando bastante cansaço. Na metade da parcial, Allen Crowder chamou Greg Hardy para a troca de socos. Ele tentou derrubar o ex-jogador da NFL, que fez bem a defesa. Com Crowder, ainda segurando sua perna e o joelho apoiado no chão, Hardy disparou uma joelhada de encontro da cabeça do rival. O golpe é ilegal e o árbitro imediatamente parou a disputa o desclassificando.

Resultados do UFC Brooklyn

Card Principal

Peso mosca: Henry Cejudo derrotou TJ Dillashaw por nocaute a 32s do R1 – luta pelo cinturão

Peso pesado: Allen Crowder derrotou Greg Hardy por desclassificação (joelhada ilegal) a 2m38s do R2

Peso leve: Gregor Gillespie derrotou Yancy Medeiros por nocaute técnico a 4m59s do R2

Peso mosca: Joseph Benavidez derrotou Dustin Ortiz na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Paige VanZant finalizou Rachael Ostovich com uma chave de braço a 1m50s do R2

Peso meio-pesado: Glover Teixeira finalizou Karl Roberson com um katagatame a 3m21s do R1

Card Preliminar

Peso leve: Donald Cerrone derrotou Alexander Hernandez por nocaute técnico a 3m43s do R2

Peso mosca: Joanne Calderwood derrotou Ariane Lipski na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso meio-pesado: Alonzo Menifield derrotou Vinicius Mamute por nocaute técnico a 3m56s do R1

Peso galo: Cory Sandhagen finalizou Mario Bautista com uma chave de braço a 3m31s do R1

Peso leve: Dennis Bermudez derrotou Te Edwards na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-26)

Peso meio-médio: Geoff Neal derrotou Belal Muhammad na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Chance Rencountre finalizou Kyle Stewart com um mata-leão a 2m25s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário