Johnny Walker sofre luxação no ombro, mas deve voltar aos treinos em quatro semanas

Brasileiro lesionou o ombro durante a comemoração de sua vitória no UFC 235 e poderia ficar até 180 dias afastado, mas um exame apontou apenas uma lesão leve

Walker (dir.) lesionou o ombro na comemoração do UFC 235. Foto: Reprodução / Facebook

Foi apenas um susto! O brasileiro Johnny Walker, que lesionou o ombro durante a comemoração de sua vitória no UFC 235, teve apenas uma leve luxação na articulação. A informação foi divulgada por Lucas Lutkus, do empresário do atleta.

Veja Também

Roy Jones aceita desafio de Belfort e dispara: ‘Preciso de seis semanas para te dar uma surra’
José Aldo enfrenta Alexander Volkanovski no UFC 237, diz site
Covington diz ter sido ameaçado de morte por empresário Usman durante confusão em Las Vegas

Apesar da Comissão Atlética de Nevada, entidade que sancionou o evento em Las Vegas, ter aplicado uma suspensão médica em Walker de 180 dias, o brasileiro passou por exames nos EUA e o médico pediu apenas quatro semanas de repouso antes da volta aos treinamentos.

Por mais que a liberação aconteça em menos de um mês, seria bastante improvável de Johnny conseguir lutar no UFC Londres, dia 16 de março, conforme ele havia solicitado na coletiva de imprensa após o triunfo. Entretanto, a segunda opção do brasileiro é bastante viável: uma vaga no UFC 237, dia 11 de maio, no Rio de Janeiro.

Entenda o que aconteceu.

Johnny Walker derrotou o letão Misha Cirkunov no UFC 235, realizado no último sábado (02), em apenas 36 segundos de luta. Após o triunfo, o brasileiro se jogou no octógono para fazer sua tradicional comemoração com a ‘dança da minhoca’. Porém, quando caiu no chão, ele acabou lesionando o ombro.

Assista o nocaute de Johnny Walker no UFC 235 e sua frustrada comemoração.

Veja a ‘dança da minhoca’ de Walker

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário