Johnny Walker sofre luxação no ombro, mas deve voltar aos treinos em quatro semanas

Brasileiro lesionou o ombro durante a comemoração de sua vitória no UFC 235 e poderia ficar até 180 dias afastado, mas um exame apontou apenas uma lesão leve

Walker (dir.) lesionou o ombro na comemoração do UFC 235. Foto: Reprodução / Facebook

Foi apenas um susto! O brasileiro Johnny Walker, que lesionou o ombro durante a comemoração de sua vitória no UFC 235, teve apenas uma leve luxação na articulação. A informação foi divulgada por Lucas Lutkus, do empresário do atleta.

Veja Também

Apesar da Comissão Atlética de Nevada, entidade que sancionou o evento em Las Vegas, ter aplicado uma suspensão médica em Walker de 180 dias, o brasileiro passou por exames nos EUA e o médico pediu apenas quatro semanas de repouso antes da volta aos treinamentos.

Por mais que a liberação aconteça em menos de um mês, seria bastante improvável de Johnny conseguir lutar no UFC Londres, dia 16 de março, conforme ele havia solicitado na coletiva de imprensa após o triunfo. Entretanto, a segunda opção do brasileiro é bastante viável: uma vaga no UFC 237, dia 11 de maio, no Rio de Janeiro.

Entenda o que aconteceu.

Johnny Walker derrotou o letão Misha Cirkunov no UFC 235, realizado no último sábado (02), em apenas 36 segundos de luta. Após o triunfo, o brasileiro se jogou no octógono para fazer sua tradicional comemoração com a ‘dança da minhoca’. Porém, quando caiu no chão, ele acabou lesionando o ombro.

Assista o nocaute de Johnny Walker no UFC 235 e sua frustrada comemoração.

Veja a ‘dança da minhoca’ de Walker

Podcast #033: As vitórias de Marina Rodriguez no UFC e Tyson Fury no Boxe + ex-campeão preso

Comentários

Deixe um comentário