UFC 235: Jon Jones e mais nove recebem 180 dias de suspensão médica

Além de ‘Bones’, a lista de atletas inclui os brasileiros: Johnny Walker e Pedro Munhoz; Para voltar a lutar antes do dia 30 de agosto, eles precisam de autorização médica

Jones e mais nove atletas receberam o gancho de seis meses. Foto: Reprodução / YouTube

Jon Jones venceu Anthony Smith e manteve o cinturão dos meio-pesados no UFC 235, no último sábado (02). Contudo, seu retorno ao octógono pode demorar um pouco mais do que o esperado. A Comissão Atlética de Nevada (NSAC,  sigla em inglês), entidade que sancionou o evento, divulgou a lista de suspensões médicas do evento e ‘Bones’ lidera a lista dez atletas que receberam gancho de seis meses.

Veja Também

Johnny Walker sofre luxação no ombro, mas deve voltar aos treinos em quatro semanas
Jon Jones e Tyron Woodley recebem quase R$2 milhões de bolsa no UFC 235

O longo gancho de Jones é devido a uma suspeita de lesão no pé esquerdo. Para retornar antes do dia 30 de agosto, o campeão dos meio-pesados precisa ser liberado por um ortopedista.

Além de Jones, outros nove lutadores suspensos por 180 dias foram: Anthony Smith, Gina Mazany, Hannah Cifers, Johnny Walker, Macy Chiasson, Pedro Munhoz, Tecia Torres, Tyron Woodley e Zabit Magomedsharipov.

Pedro Munhoz recebeu o gancho devido a uma lesão no dedo da mão direita. Se for constatada a fratura, o brasileiro será liberado para lutar somente com autorização de um ortopedista.

Johnny Walker se lesionou durante a comemoração da vitória sobre Misha Cirkunov. O meio-pesado sofreu uma luxação no ombro e deve passar por quatro semanas de reabilitação para voltar aos treinos.

Lista de suspensões médicas do UFC 235

Alejandro Perez: 30 dias

Anthony Smith: 180 dias, a menos que os médicos liberem após raio-x do nariz e das costelas.

Ben Askren: 30 dias

Cody Garbrandt: 60 dias

Charles Byrd: 60 dias

Gina Mazany: 180 dias, a menos que os médicos liberem após raioi-x do nariz e da mão esquerda.

Hannah Cifers: 180 dias a menos que os médicos liberem após exame do antebraço esquerdo quebrado.

Johnny Walker: 180 dias, a menos que os médicos liberem após ressonância magnética do ombro esquerdo.

Jon Jones: 180 dias, a menos que os médicos liberem após raio-x do pé esquerdo.

Kamaru Usman: 30 dias

Macy Chiasson: 180 dias, a menos que os médicos liberem após raio-x da mão esquerda.

Mickey Gall: 45 dias. Terá que ser liberado pelos médicos antes de voltar aos treinos.

Misha Cirkunov: 60 dias sem contato por 45 dias.

Pedro Munhoz: 180 dias, a menos que os médicos liberem após raio-x da mão direita e do polegar direito.

Polyana Viana: 60 dias

Tecia Torres: 180 dias, a menos que os médicos liberem após raio-x do tornozelo direito e do pé direito

Tyron Woodley: 180 dias, a menos que os médicos liberem após ressonância magnética do polegar direito.

Weili Zhang: 30 dias

Zabit Magomedsharipov: 180 dias, a menos que os médicos liberem após raio-x do tornozelo esquerdo e do pé esquerdo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário