Lutador confirma aposentadoria, caso volte a não bater o peso para uma luta oficial

O norte-americano Ray Borg soma três falhas ao enfrentar a balança em sua vida como atleta

R.Borg promete abandonar o MMA caso volte a falhar em corte de peso. Foto: Reprodução/Instagram @tazmexufc

O ex-desafiante ao cinturão dos moscas (até 56,7kg.), Ray Borg, anunciou que irá se aposentar do MMA, caso volte a falhar no corte de peso para uma luta oficial do Ultimate. O atleta realizou a declaração em sua conta oficial no Twitter, na última quinta-feira (19). O último episódio em que Borg não cumpriu as obrigações com a balança aconteceu no UFC Filadélfia, em março deste ano.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Quero que fique registado que, se eu voltar a perder peso ou perder uma luta devido a algo que não seja uma lesão grave, vou deixar o MMA para sempre. Estou voltando melhor do que nunca”, publicou o lutador.

Em sua última luta, Ray subiu de categoria. Antes, o atleta figurava entre os pesos moscas. Em março, no entanto, Borg tentou a sorte na categoria dos galos (até 61,2kg.). Mesmo duelando em uma categoria acima, o lutador falhou no corte de peso, foi punido e, além do mais, saiu derrotado no embate contra Casey Kenney, no UFC Filadélfia.

PUBLICIDADE:

Borg, de 25 anos, afirmou que adotou um novo estilo de vida, que trará benefícios em seu desempenho dentro do UFC. O lutador vem de duas derrotas seguidas na organização. A penúltima, pela disputa de cinturão na divisão dos moscas contra o ex-campeão, Demetrious Johnson.

“Desde que cheguei em casa, após minha última luta, fiz algumas mudanças drásticas nos meus hábitos de vida. Eu costumava ser muito descuidado com a minha dieta e deixava de passar tempo no ginásio entre as lutas, o que transformou os períodos de treinamento em sessões de corte de peso. Eu levei minha carreira a um nível totalmente novo mentalmente, e comecei a dar os passos para que os treinamentos sejam de corte de peso e luta (simultaneamente)”, finalizou Ray.

PUBLICIDADE:

Ray Borg possui um cartel de 15 lutas, 11 vitórias e quatro derrotas.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano



Comentários

Deixe um comentário