Lutador confirma aposentadoria, caso volte a não bater o peso para uma luta oficial

O norte-americano Ray Borg soma três falhas ao enfrentar a balança em sua vida como atleta

R.Borg promete abandonar o MMA caso volte a falhar em corte de peso. Foto: Reprodução/Instagram @tazmexufc

O ex-desafiante ao cinturão dos moscas (até 56,7kg.), Ray Borg, anunciou que irá se aposentar do MMA, caso volte a falhar no corte de peso para uma luta oficial do Ultimate. O atleta realizou a declaração em sua conta oficial no Twitter, na última quinta-feira (19). O último episódio em que Borg não cumpriu as obrigações com a balança aconteceu no UFC Filadélfia, em março deste ano.

Veja Também

Angela Magana acorda do coma e responde bem a tratamento, diz site
Frankie Edgar quer chance contra Max Holloway pelo cinturão dos penas
Vídeo: Peso pena, brasileiro de 2,13m estreia em evento de MMA contra oponente de 1,63m

“Quero que fique registado que, se eu voltar a perder peso ou perder uma luta devido a algo que não seja uma lesão grave, vou deixar o MMA para sempre. Estou voltando melhor do que nunca”, publicou o lutador.

Em sua última luta, Ray subiu de categoria. Antes, o atleta figurava entre os pesos moscas. Em março, no entanto, Borg tentou a sorte na categoria dos galos (até 61,2kg.). Mesmo duelando em uma categoria acima, o lutador falhou no corte de peso, foi punido e, além do mais, saiu derrotado no embate contra Casey Kenney, no UFC Filadélfia.

Borg, de 25 anos, afirmou que adotou um novo estilo de vida, que trará benefícios em seu desempenho dentro do UFC. O lutador vem de duas derrotas seguidas na organização. A penúltima, pela disputa de cinturão na divisão dos moscas contra o ex-campeão, Demetrious Johnson.

“Desde que cheguei em casa, após minha última luta, fiz algumas mudanças drásticas nos meus hábitos de vida. Eu costumava ser muito descuidado com a minha dieta e deixava de passar tempo no ginásio entre as lutas, o que transformou os períodos de treinamento em sessões de corte de peso. Eu levei minha carreira a um nível totalmente novo mentalmente, e comecei a dar os passos para que os treinamentos sejam de corte de peso e luta (simultaneamente)”, finalizou Ray.

Ray Borg possui um cartel de 15 lutas, 11 vitórias e quatro derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário