Darren Till é condenado a pagar quase R$50 mil por arruaça promovida na Espanha

Lutador do UFC, que foi preso por quebrar um quarto de hotel e roubar um taxi, aceitou a condenação e está livre

D. Till pagou a multa e está livre. Foto: Reprodução/Instagram darrentill2

Custou caro para Darren Till a arruaça que o lutador promoveu na cidade de Tenerife (ESP), junto com mais quatro amigos. O atleta do UFC, que foi preso por roubar um taxi e quebrar um taxi de hotel, recebeu a decisão da Justiça da Espanha com uma multa pesada.

Veja Também

Lutador do UFC é detido na Espanha após roubar táxi e danificar quarto de hotel
Ex-UFC morre ao ser atropelado após discussão no Pará
Luke Rockhold quer enfrentar Jon Jones até o fim do ano ou no início de 2020

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, Darren TIll e os quatro amigos terão que pagar 725 libras (cerca de 3.706 reais) de multa a cidade e indenizar os prejudicados em 8.665 libras (cerca 44.293 reais).

O lutador aceitou a condenação, pagou a multa e foi liberado pela Justiça.

Entenda o que aconteceu

O inglês Darren Till, ex-desafiante ao título meio-médio (até 77kg.) do UFC, e quatro amigos foram detidos após vandalizarem um quarto de hotel na Espanha e tentarem roubar um táxi no local.

A confusão começou quando o lutador foi expulso do hotel junto a seus amigos por terem quebrado móveis de um quarto do estabelecimento e esvaziado extintores de incêndio.

Eles ainda tentaram se registrar em outro hotel, não foram aceitos. Na sequência, solicitaram um táxi e, no momento em que o motorista alocava as bagagens no porta-malas, os suspeitos tomaram a direção do veículo e tentaram efetuar fuga, sendo capturados e detidos poucos momentos depois pela polícia local.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário