UFC 208: Jacaré finaliza Tim Boetsch e pede por cinturão; Glover também vence

Jacaré finaliza no primeiro round; Glover faz luta estratégica e derrota Jared Cannonier por pontos

Jacaré finalizou no primeiro round. (Foto: Getty Images)

Jacaré finalizou no primeiro round. (Foto: Getty Images)

Atropelo! Assim pode ser definida a vitória de Ronaldo Jacaré sobre Tim Boetsch. Sem tomar conhecimento do rival, o brasileiro dominou as ações do início ao fim e deu números finais a luta com uma finalização ainda no primeiro round, em duelo do card principal do UFC 208, realizado na madrugada deste sábado (11), no Brooklyn (EUA). Número 3 no ranking dos médios, Jacaré volta a ficar na expectativa por uma disputa de cinturão.

Veja Também

Reis (esq) venceu a terceira consecutiva nos moscas. (Foto: Getty Images)
UFC 208: Wilson Reis vence japonês e fica próximo de cinturão; Jucão é dominado por LaFlare
OCTOGONO_UFC
UFC 208 – Anderson Silva x Derek Brunson – Resultados

“Vai ser pior, quanto mais tempo me deixarem esperando vai ser pior, vou voltar mais treinado. Ninguém vai atrapalhar meu sonho de ser campeão”, disparou Ronaldo Jacaré ao falar sobre espera para disputar o título dos médios do UFC.

A luta

Jacaré começou cercando o americano, mas não demorou muito para mergulhar nas pernas de Tim Boestch, que se defendeu de maneira correta. O combate ficou mais estudado, até que o brasileiro levou a luta pro chão. Por cima, Jacaré mostrou sua superioridade e não demorou para raspar, partindo para a vontade. Por cima, foi questão de tempo para o brasileiro pegar o braço do adversário e aplicar a kimura, obrigado o Boestch dar os três tapinhas.

Em luta morna, Glover Teixeira supera Jared Cannonier

Glover (dir) bateu Connonier por pontos. (Foto: Getty Images)

Glover (dir) bateu Connonier por pontos. (Foto: Getty Images)

Estratégico e cauteloso, Glover Teixeira voltou ao caminho das vitórias e derrotou Jared Cannoier por decisão unânime dos juízes (30×26, 30×26, 30×26), na segunda luta do card principal do UFC 208. Com o triunfo, o brasileiro volta figurar entre os principais nomes da divisão até 93kg.

O combate começou com os dois se estudando no centro do octógono. Glover, sem querer arriscar em pé, logo levou a luta para o chão. O brasileiro ensaiou uma guilhotina, mas o americano se defendeu bem. Teixeira raspou e voltou a ficar por cima, tentando um kata-gatame, sem sucesso. O duelo voltou a ficar em pé, com os dois soltaram alguns golpes, sem muita efetividade.

Cannonier voltou para o segundo round cercando o brasileiro, que mediu a distância e não teve dificuldades para derrubar. Por cima na meia-guarda, o brasileiro seguia golpeando na linha de cintura. Jared se defendeu bem e travou os braços do mineiro, que não apresentava muita efetividade. Com a luta morna, o árbitro central mandou os lutadores ficarem em pé. Glover seguida soltando jabs no adversário, que respondia com perigosos cruzados.

No último assalto, Glover não demorou nem 30 segundos e aplicou outra queda no adversário, caindo na meia-guarda. Por cima, o brasileiro seguia controlando o confronto, mas com pouca ação, o que gerou vaias do público presente. Na reta final, Glover passou a atacar mais, soltando golpes em Cannonier, que apenas se defendia. O cenário prosseguiu até a buzina soar.

Dustin Poirier está de volta! Após ser nocauteado por Michael Johnson em sua última luta, o “Diamante” reencontrou o caminho da vitória ao derrotar Jim Miller na decisão majoritária dos juízes (28×28, 30×27, 29×28) na primeira luta do card principal do UFC 208. Desde que estreou nos leves, Poirier acumulou sua quinta vitória em seis lutas. Já Miller teve sua sequência de três triunfos quebrada.

Poirier faz luta estratégia e supera Jim Miller

Poirier (esq) bateu Miller (dir) no card principal. (Foto: Getty Images)

Poirier (esq) bateu Miller (dir) no card principal. (Foto: Getty Images)

Dustin Poirier está de volta! Após ser nocauteado por Michael Johnson em sua última luta, o “Diamante” reencontrou o caminho da vitória ao derrotar Jim Miller na decisão majoritária dos juízes (28×28, 30×27, 29×28) na primeira luta do card principal do UFC 208. Desde que estreou nos leves, Poirier acumulou sua quinta vitória em seis lutas. Já Miller teve sua sequência de três triunfos quebrada.

Ronaldo Jacaré derrotou Tim Boestch por finalização (kimura) aos 3m41 s do R1

Glover Teixeira derrotou Jared Cannonier por decisão unânime dos juízes (30×26, 30×26, 30×26)

Dustin Poirier derrotou Jim Miller decisão majoritária dos juízes (28×28, 30×27, 29×28)

CARD PRELIMINAR

Belal Muhammad derrotou Randy Brown por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 29×28)

Wilson Reis derrotou Yuta Sasaki por decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×28)

Islam Makhachev derrotou Nick Lentz por decisão unânime dos juízes (30×25, 30×25, 30×27)

Rick Glenn derrotou Phillipe Nover por decisão dividida dos juízes (29×28, 27×30, 29×28)

Ryan LaFlare derrotou Roan Jucão por decisão unânime dos juízes (30×26, 30×27, 29×28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário