Overeem desabafa sobre Fedor: ‘Não é o melhor de todos os tempos’

Holandês disse que peso pesado russo enfrentou muitos lutadores ruins durante sua carreira

A. Overeem criticou Fedor (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

A. Overeem criticou Fedor (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

O holandês Alistair Overeem é um dos melhores pesados de todos os tempos, com títulos no K-1, no Dream e no Strikeforce. Perto de enfrentar pela terceira vez o brasileiro Fabricio Werdum, outro que está na lista dos melhores da história da categoria, “The Reem” rejeitou a ideia de que Fedor Emelianenko seja o número um do peso pesado em todos os tempos.

Veja Também

Werdum finalizou Harris no primeiro round (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Werdum analisa Overeem e aposta em Ngannou contra Cigano
Jacaré acredita que Romero vencerá Whittaker (Foto: Reprodução/Facebook UFC)
Jacaré elogia Whittaker, mas aposta em Romero no UFC 213: ‘É mais forte’
D. Cormier se solidarizou com rival (Foto: Reprodução/Facebook Daniel Cormier)
Antes da revanche, Cormier alfineta Jones: ‘Não sei se vai aparecer’

Em entrevista ao canal “FightHub TV”, o holandês criticou alguns dos nomes que compõem o cartel de vitórias do russo, que foi campeão do Pride durante vários anos na última década e tem triunfos sobre Rodrigo Minotauro, Mirko Cro Cop, Heath Herring, Andrei Arlovski, entre outros.

“Acho que o Fedor teve uma excelente sequência de 2002 a 2005. As pessoas falam de dez anos invictos e blá blá blá, mas depois de 2005, quem ele enfrentou? Ele lutou contra atletas fracos. Recusou me encarar em duas ocasiões – em 2009 e 2010. A outra coisa é que ele nunca se testou no UFC. Isso é algo que me incomoda. Ele deveria ter feito isso. Sempre terá esse pequeno detalhe sobre sua carreira. Ele não é o maior peso-pesado de todos os tempos”, justificou Overeem.

O holandês se recuperou do nocaute sofrido para o campeão Stipe Miocic no UFC 203, com uma vitória maiúscula, também por nocaute, sobre Mark Hunt no UFC 209 e espera que uma vitória sobre Werdum, no UFC 213 deste sábado (8) o coloque perto do cinturão novamente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário