Dustin Poirier faz previsão sobre Ferguson contra Donald Cerrone: ‘Cowboy vence’

Atual campeão linear dos leves sugere vencedor do UFC 238, mas prefere não escolher adversário entre os dois

D. Poirier (foto) acredita que D. Cerrone vencerá T. Ferguson no UFC 238. Foto: Reprodução/Instagram @dustinpoirier

O campeão interino dos leves (até 70,3), Dustin Poirier afirmou acreditar que Donald Cerrone derrotará Tony Ferguson em duelo marcado para o UFC 238, em 8 de junho. Em entrevista recente ao programa ‘MMA Junkie Radio’, relatou sobre suas previsões e planos para o futuro no Ultimate. Poirier está em negociações para a unificação do cinturão da divisão contra Khabib Nurmagomedov, em 7 de setembro, no UFC 242.

Veja Também

Alexandre Pantoja enfrenta Deiveson Figueiredo no UFC 240, em julho
Com seis vitórias seguidas, Leon Edwards pede luta contra Rafael dos Anjos
Justin Gaethje pede luta e critica inatividade de Conor McGregor: ‘Se não quer lutar, se retire do ranking’

“Eu acho que ‘Cowboy’ vence esta luta. Mas vamos ver. Eu não estou pensando nisso. Eu não desrespeito um trabalho que está sendo feito, e estou fazendo meu próprio trabalho pensando em minha luta contra Khabib”, afirmou Dustin.

Poirier, no entanto, pode ter de enfrentar o vencedor da disputa entre Cerrone e Tony. Caso vença o combate pelo cinturão linear dos leves contra Khabib, existe uma grande chance de haver o casamento de uma luta entre ele e um dos compatriotas.

“No UFC nunca se sabe (o próximo adversário). Eu posso ter que defender meu título contra Max Holloway (campeão dos penas)”, brincou Dustin.

Atualmente, Poirier está com 30 anos e vem de seis lutas sem derrotas.

Cerrone, de 36, não perde há três combates. Sua última luta aconteceu recentemente, no início de maio. Como de costume, Donald aceitou enfrentar Tony pouco mais de um mês após seu último embate. O norte-americano é conhecido por sempre cooperar com o Ultimate, o que o torna um atleta de grande prestígio dentro da organização.

Na segunda posição do ranking, Tony Ferguson não luta desde outubro do ano passado. No início do ano, o atleta se afastou do MMA para tratar problemas pessoas. No último mês, o lutador demonstrou sinais que retornaria ao octógono e, após a confirmação, recebeu o casamento do duelo contra o ‘Cowboy’. ‘El Cucuy’, de 35 anos, não é derrotado há impressionantes 11 lutas.

Deixe seu comentário