Dana White quer trilogia de Jones contra Cormier, mas nos pesos pesados

Presidente do UFC afirma desejo de realizar um novo embate entre eternos rivais, no entanto, na categoria em que Daniel é campeão

D. Cormier (esq.) e J; Jones (dir.) podem fazer trilogia.
Foto: Reprodução / YouTube ufc

Uma das maiores rivalidades da história do MMA certamente é o duelo entre Jon Jones e Daniel Cormier. Embora os dois já tenham se enfrentado em duas ocasiões, o mandatário do Ultimate afirmou que deseja realizar um terceiro encontro entre eles, mas, desta vez, entre os pesos pesados (até 120,2kg.). A declaração foi feita em entrevista recente à ‘ESPN’. O duelo pode acontecer caso DC volte a vencer Stipe Miocic pelo cinturão da divisão em luta agendada para 17 de agosto, pelo UFC 241.

Veja Também

Jon Jones reconhece força de Marreta, mas minimiza chance de sofrer nocaute
José Aldo espanta rumores de aposentadoria e renova contrato com UFC
Bisping acredita em vitória de Weili Zhang sobre Jéssica Andrade no UFC Shenzhen

“Cormier tem a luta contra Stipe Miocic. Se ele vencer, ele provavelmente tem mais duas lutas em sua carreira. Eu espero que uma delas seja contra Jon Jones, e espero que seja pelos pesados”, disse o ‘chefão’.

Os dois lutadores, no entanto, já se manifestaram publicamente sobre o assunto e afirmaram que, caso voltem a se enfrentar, querem atuar pelos meio-pesados (até 93kg.). Jones, em entrevista recente, confirmou que não deseja lutar pelos pesados, pois estaria dando a Cormier a vantagem da força, haja vista que o rival é um peso pesado de origem. Daniel, por sua vez, disse que deseja vencer ‘Bones’ na categoria de baixo, para vingar a derrota sofrida em 2017, que teve seu resultado alterado após Jon ser flagrado em um exame antidoping.

“Quero apenas que os dois confirmem que vão se enfrentar”, afirmou Dana sorrindo. “Os dois concordam que querem lutar pelos meio-pesados, mas eu queria vê-los na divisão de cima”, declarou o mandatário.

White ainda valorizou o fato do porquê deseja realizar mais uma peleja entre os dois superatletas. Para o presidente, trata-se de dois grandes nomes da história do MMA e, nas duas vezes em que dividiram o octógono, todas as partes saíram satisfeitos com o resultado tanto do duelo em si, quanto da vendagem de pay-per-views.

“Cormier é um dos maiores atletas da história. O único cara que conseguiu derrotá-lo foi Jon Jones, e ele o bateu duas vezes”, disse White ignorando o resultado anulado de 2017. “A terceira luta tem que acontecer? Não. Mas tenho certeza que os fãs gostariam de assistir”, finalizou Dana.

Tanto Jones quanto Daniel têm compromissos agendados com o UFC. Jon enfrenta o brasileiro Thiago Marreta na próxima semana, pelo UFC 239, em Las Vegas (EUA), em sua terceira defesa de título (meio-pesados) desde que recuperou seu cinturão, em dezembro do ano passado ao derrotar Alexander Gustafsson, no UFC 232.

Cormier, por sua vez, defende seu cinturão dos pesados pela segunda vez. O norte-americano destronou o compatriota Stipe Miocic em julho do ano passado e irá realizar uma de suas últimas lutas de sua carreira no UFC 241, em Anaheim (EUA), no dia 17 de agosto.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário