Após derrota relâmpago, Askren brinca sobre fama de Masvidal: ‘Deveria me agradecer’

Um dos protagonistas do nocaute mais rápido da história do UFC, Ben afirma que, se não fosse por ele, Jorge não teria o reconhecimento que tem hoje

B. Askren (foto) brinca com fama de J. Masvidal. Foto: Reprodução/Instagram @benaskren

Sofrer o nocaute mais rápido da história do Ultimate parece não ter afetado o bom humor de Ben Askren. Ainda em suspensão médica após a simbólica derrota no UFC 239, no início de julho, o atleta relatou que seu último adversário, Jorge Masvidal, deveria ser grato a ele por ter conseguido a fama que possui hoje, inclusive com a possibilidade de disputar o cinturão da categoria. A declaração em tom de ironia foi feita em entrevista recente ao jornalista ‘Ariel Helwani’.

Saiba mais

Após grande estreia, Michel Pereira volta ao octógono em setembro e promete show
Apenas duas semanas após bater Pantoja, Deiveson tem nova luta agendada para outubro
Hebert Burns promete finalização para garantir contrato com UFC no ‘Dana White Contender Series’

“Eu reconheço que eu o fiz tem a fama que tem hoje. Eu trouxe o melhor dele, então, tudo bem. Faz parte do jogo. Nós éramos a luta mais esperada de longe no maior cartão do ano (UFC 239). E definitivamente não foi porque o Jorge decidiu não aparecer em dois eventos de imprensa diferentes. Foi porque eu fiz assim”, declarou Ben.

Os dois lutadores estavam escalados para realizar a terceira luta do card principal, que aconteceria antes da disputa de cinturão entre Amanda Nunes e Holly Holm, pelas galos (feminino); e Jon Jones contra Thiago Marreta (masculino). Deixando de lado as lutas pelos títulos, Masvidal e Askren seguiam como fortes candidatos a realizarem uma das melhores lutas da noite.

A história, no entanto, aconteceu de forma diferente do que muitos imaginavam. Após o árbitro da peleja autorizar o início do combate, Jorge surpreendeu Askren com uma joelhada voadora enquanto Ben realizou uma tentativa frustrada de agarrar as pernas do oponente e colocá-lo para baixo. Foram necessários apenas cinco segundos para que o embate fosse interrompido e declarado o nocaute sobre Askren.

Após o fim do evento, o brutal e inesperado fim do combate foi muito comentado pela mídia especializada. O nome de Masvidal começou a ser colocado como um adversário em potencial do campeão dos meio-médios (até 77kg.), Kamaru Usman e Jorge, inclusive, aproveitou o momento de sucesso para desafiar o ex-campeão dos penas (até 65,7kg.) e leves (até 70,3kg.), Conor McGregor. Sobre o prestígio no meio do MMA, Askren tratou de brincar com a situação vivida pelo rival.

”Jorge pode dizer que sou um idiota ou qualquer coisa que ele queira falar sobre mim, mas se ele não fosse tão rude, ele provavelmente diria: ‘obrigado por me fazer ganhar muito dinheiro’, finalizou o ex-campeão do Bellator e ONE FC.

Askren ainda está sob licença médica após o trauma sofrido pelo golpe de Masvidal, mas existe a possibilidade do atleta enfrentar o brasileiro Demian Maia em setembro.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário