Após assistir duelo contra Jones pela primeira vez, Marreta acredita ter vencido três rounds

Brasileiro confessa dificuldades em rever luta, mas, após análise, diz ter ganhado a maioria dos rounds disputados no UFC 239

T. Marreta (esq.) golpeia J. Jones (dir.) no UFC 239. Foto: Reprodução/Facebook @UFC

Se ainda há resquícios sobre o UFC 239, ocorrido em julho, Thiago Marreta é uma das pessoas que podem falar com propriedade sobre o assunto. Após ser submetido a cirurgias nos dois joelhos em consequência de lesões sofridas no combate contra Jon Jones, o brasileiro, desta vez, voltou a tocar no assunto para tratar sobre o resultado. Depois de assistir pela primeira vez o duelo, o atleta da Cidade de Deus (RJ) concordou com a opinião de muitos críticos de que ele teria vencido o duelo contra Jones por três rounds a dois. A declaração foi feita em entrevista à ‘ESPN.com’. Ao fim do combate, Jones foi declarado vencedor na decisão dividida dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu assisti a luta na semana passada. É difícil para mim assistir. É por isso que demorei tanto para ver. Se eu fosse um dos juízes, eu daria aquela luta para Thiago Santos. Eu acho que venci o primeiro, segundo e quinto rounds”, contou Marreta.

Para o brasileiro, a vitória dada ao norte-americano pode ter sido influência que o atleta tem dentro do MMA. Atualmente, o lutador é considerado, por muitos, o maior atleta das artes marciais mistas da história, além de contar com uma invencibilidade que dura quase 10 anos, e 17 combates.

PUBLICIDADE:

“Eu acho que o fato de Jones ser o campeão pesou na decisão dos juízes. Acho que o desafiante tem que fazer mais para tirar o cinturão do campeão. Tem que haver uma revanche. Assim que eu estiver 100%, nós temos que voltar lá e descobrir quem é o verdadeiro campeão”, declarou Thiago.

Mesmo com a vontade de reeditar o combate com Jon, o brasileiro, no momento, se recupera de uma cirurgia complicada nos joelhos em que houve ruptura de ligamentos e menisco. O lutador deve ficar afastado das lutas por volta de oito meses e só deve retornar ao octógono próximo à metade de 2020. Sobre isso, o atleta afirma que está mais preocupado com sua recuperação do que uma revanche contra ‘Bones’.

PUBLICIDADE:

“Estou focado na minha recuperação e, quando eu estiver saudável, meu foco ainda será me tornar o campeão. Eu vou voltar forte e cumprir isso”, finalizou o brasileiro.

PUBLICIDADE:

Após a boa performance contra Jones, Marreta foi considerado pelo próprio campeão como o melhor oponente contra quem dividiu o octógono. Em cinco rounds, o brasileiro conseguiu encontrar algumas brechas no jogo quase perfeito da lenda e conseguiu sair vencedor do combate na opinião de um dos três juízes do confronto.

 

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276



Comentários

Deixe um comentário