Khabib leva susto, mas derrota Poirier, mantém cinturão, e permanece invicto no UFC 242

Russo escapa de nocaute e guilhotina encaixada, bate norte-americano e unifica título dos leves no UFC 242

Khabib comemora vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Twitter @ufcindia

Fenomenal. Essa é a palavra para resumir Khabib Nurmagomedov. O russo mostrou que, além de um grande atleta, é capaz de sair de adversidades ao bater Dustin Poirier na luta principal do UFC 242, realizado neste sábado (7), em Abu Dhabi, válida pela unificação do título dos leves (até 70,3kg.). O norte-americano mostrou muita raça durante três rounds, mas acabou sucumbindo ao wrestrling do campeão.

Veja Também

VÍDEO: Assista à finalização de Khabib Nurmagomedov sobre Dustin Poirier no UFC 242
Paul Felder bate Edson Barboza por pontos em resultado contestado por público no UFC 242
‘Segurança de Neymar’ sofre nocaute brutal no primeiro round do UFC 242
VÍDEO: Veja os melhores momentos da batalha entre Edson Barboza x Paul Felder no UFC 242

Khabib e Poirier deram realmente um exemplo de como dois campeões devem se comportar sobre o octógono. Foram três minutos muito bem disputados e com chance de vitória para ambos os lados.

No segundo e terceiro assalto, o ‘Diamante’ quase chocou o mundo ao colocar Nurmagomedov em condições próximas da derrota. Na segunda etapa, o norte-americano quase conseguiu aplicar um nocaute no russo após uma boa sequência de socos, no entanto, Khabib conseguiu absorver as investidas e esfirar o combate.

No terceiro assalto, o susto. Após uma tentativa de queda, o ‘Água’ quase foi finalizado ao tentar uma queda no adversário e acabou caindo ao chão com uma guilhotina encaixada. O russo, no entanto, soube administrar a situação e sair da posição incômoda.

Com a vitória, além do título, Khabib manteve sua invencibilidade e ainda ampliou para 28 o número de conquistas na carreira.

A luta

Dustin tomou a iniciativa logo no início com um chute baixo. Khabib permanecia se movimentando, aguardando o melhor momento para efetuar sua investida. Dustin permanecia cauteloso para soltar seus golpes, pois poderia ser derrubado pelo russo. Os chutes baixos do norte-americano começaram a entrar e, após fintar um golpe, Nurmagomedov buscou pela primeira vez as pernas do adversário. O Diamante conseguiu se defender no início, mas logo foi colocado para baixo. Após uma tentativa de defesa de Dustin, Poirier cometeu o erro de dar as costas para o russo, que deu início às tentativas de finalização. O norte-americano se defendia como podia, mas a experiência de Nurmagomedov no chão era impressionante. O Diamante mostrou muita raça ao conseguir se levantar, o que fez o público aplaudir. Não demorou muito para Khabib conseguir levar o oponente novamente para o chão. O russo conseguiu bons golpes em Poirier, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Dustin tentava pontuar com jabs e chutes baixos. O russo foi surpreendido por uma sequência de golpes do Diamante e balançou. O público foi à loucura e Poirier partiu para cima. O russo começou a caminhar para trás, tentar responder, mas estava visivelmente abalado. Ciente da desvantagem, Khabib buscou mais uma queda e conseguiu esfriar o duelo. No chão, a ‘Águia’ começava a atacar novamente o norte-americano e assumiu o controle do combate. Sempre que Poirier conseguia se levantar, o atleta era novamente derrubado.

Os lutadores retornaram trocando golpes no centro do octógono. Dustin continuava a apostar em cruzados, que balançaram o adversário na etapa anterior. Após tentar uma queda, Porier surpreendeu Khabib em uma guilhotina e chegou próximo de apagar o russo, mas Nurmagomedov soube ter paciência para afrouxar o golpe e sair da posição. Após o incidente, o Águia recuperaou uma boa posição nas costas do adversário e conseguiu chegar ao pescoço e conseguiu a finalização com sem muita luta do norte-americano.

Resultados do UFC 242

CARD PRINCIPAL 

Peso leve (até 70,3kg): Khabib Nurmagomedov derrotou Dustin Poirier por finalização a 2m06s do R3

Peso leve (até 70,3kg): Paul Felder derrotou Edson Barboza na decisão dividida dos juízes (27-30, 28-29, 30-27)

Peso leve (até 70,3kg): Islam Makhachev derrotou Davi Ramos na decisão unânime dos juízes (30-26 29-27 30-26)

Peso pesado (até 120,2kg): Curtis Blaydes derrotou Shamil Abdurakhimov por nocaute a 2m22s do R2

Peso leve (até 70,3kg): Diego Ferreira derrotou Mairbek Taisumov na decisão unânime dos juízes (29-28 29-27 29-27)

CARD PRELIMINAR

Peso mosca (até 56,7kg.): Joanne Calderwood derrotou Andrea Lee na decisão dividida dos juízes (29-28 28-29 27-30)

Peso pena (até 65,7kg.): Zubaira Tukhugov e Lerone Murphy empataram na decisão dos juízes (29-28 28-29 28-29)

Peso galo (até 61,2kg.): Sarah Moras derrotou Liana Jojua por nocaute a 2m26s do R3

Peso leve (até 70,3kg.): Ottman Azaitar derrotou Teemu Packalen por nocaute a 3m33s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Belal Muhammad derrotou Takashi Sato por finalização a 1m55s do R3

Peso meio-médio (até 77kg.): Muslim Salikhov derrotou Nordine Taleb por nocaute técnico a 4m26s do R1

Peso médio (até 83,9kg.): Omari Akhmedov derrotou Zak Cummings na decisão unânime dos juízes (30-27 29-28 30-27)

Peso leve (até 70,3kg.): Don Madge derrotou Fares Ziam na decisão unânime dos juízes (30-27 29-28 30-27)

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário