‘Segurança de Neymar’ sofre nocaute brutal no primeiro round do UFC 242

Nordine Taleb é surpreendido por golpe surpresa de Muslim Salikhov e acaba derrotado no card preliminar

N. Taleb (esq.) é derrotado no UFC 242. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

A terceira luta do card preliminar do UFC 242, neste sábado (7), agitou o público presente em Abu Dhabi. Nordine Taleb, conhecido por já ter trabalhado como segurança de Neymar em 2017, acabou sendo surpreendido por um cruzado de direita de Muslim Salikhov no fim do primeiro round do duelo. Esta é a terceira luta nas últimas cinco lutas do canadense.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute sofrido pelo ‘segurança de Neymar’ no UFC 242
Khabib leva susto, mas derrota Poirier, mantém cinturão, e permanece invicto no UFC 242
VÍDEO: Assista à finalização de Khabib Nurmagomedov sobre Dustin Poirier no UFC 242
VÍDEO: Veja os melhores momentos da batalha entre Edson Barboza x Paul Felder no UFC 242

Nordine subiu ao octógono com a intenção de somar sua segunda vitória consecutiva pela organização. O canadense, que etreou no Ultimate em 2014, precisava de um triunfo para voltar a se colocar em uma boa fase e sonhar com voos mais altos na divisão dos meio-médios, que hoje é dominada por Kamaru Usman.

Oponente de Taleb, Muslim realizou sua segunda terceira luta pelo UFC. O atleta havia perdido em seu primeiro compromisso, em 2017, para Alex Garcia. Na segunda peleja de seu contrato, o lutador conseguiu se recuperar ao aplicar um nocaute em Ricky Rainey.

No encontro deste final de semana, os dois atletas travam um combate bastante parelho e estudado. No entanto, restando poucos segundos para o fim do primeiro assalto, Nordine foi surpreendido por um cruzado de Muslim que o levou a nocaute.

Com o triunfo, Salikhov, de 35 anos, inteirou sua 15ª vitória na carreira, que soma apenas dois reveses.

A luta

No início do combate, os atletas se analisaram e estudavam o melhor momento para atacar. Nordine tomou a iniciativa desferindo um chute na linha de cintura de Muslim, mas acabou sendo defendido com facilidade. Salikhov respondeu com um chute baixo que explodiu na perna do canadense. Os atletas insistiam nos chutes e, em um chute rodado, Muslim afastou o adversário, empurrando-o na grade. Após a ação, o russo acabou acusando um golpe baixo de Nordine, obrigando o árbitro a interromper a peleja até que o adversário se recuperasse. De volta ao combate, os atletas voltaram a se estudar. Os chutes permaneciam sendo as maiores opções de ataque. Quando lançavam socos, os golpes passavam no vazio. No fim do primeiro assalto, Muslim arriscou um cruzado de direita, que explodiu no queixo de Taleb e levou o oponente ao chão. O atleta caiu semi-nocauteado e obrigou o árbitro a encerrar o duelo.

Sarah Moras derrota estreante e respira no Ultimate

S. Moras vence no UFC 242. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

A canadense Sarah Moras teve um compromisso tenso neste final de semana. A lutadora vinha de quatro derrotas consecutivas no UFC e precisava de uma vitória para reduzir o risco de dispensa por parte da empresa. Ciente da necessidade do triunfo, a lutadora conseguiu bater a estreante Liana Jojua por nocaute no último round.

As atletas faziam um combate bastante equilibrado. No entanto, Moras levava vantagem na agressividade e buscava mais as ações. Jojua, que vinha de cinco triunfos consecutivos parecia sentir a pressão do debute e não conseguia desenvolver seu jogo.

Por fim, Sarah, no assalto final, conseguiu defender bem uma queda aplicada por Liana e chegou às costas da adversária. Ao tentar se defender de uma finalização, a lutadora da Geórgia se descuidou do rosto e acabou sofrendo duros golpes da canadense, obrigando o árbitro do embate a encerrar a peleja.

Resultados do UFC 242

CARD PRINCIPAL

Peso leve (até 70,3kg): Khabib Nurmagomedov derrotou Dustin Poirier por finalização a 2m06s do R3

Peso leve (até 70,3kg): Paul Felder derrotou Edson Barboza na decisão dividida dos juízes (27-30, 28-29, 30-27)

Peso leve (até 70,3kg): Islam Makhachev derrotou Davi Ramos na decisão unânime dos juízes (30-26 29-27 30-26)

Peso pesado (até 120,2kg): Curtis Blaydes derrotou Shamil Abdurakhimov por nocaute a 2m22s do R2

Peso leve (até 70,3kg): Diego Ferreira derrotou Mairbek Taisumov na decisão unânime dos juízes (29-28 29-27 29-27)

CARD PRELIMINAR

Peso mosca (até 56,7kg.): Joanne Calderwood derrotou Andrea Lee na decisão dividida dos juízes (29-28 28-29 27-30)

Peso pena (até 65,7kg.): Zubaira Tukhugov e Lerone Murphy empataram na decisão dos juízes (29-28 28-29 28-29)

Peso galo (até 61,2kg.): Sarah Moras derrotou Liana Jojua por nocaute a 2m26s do R3

Peso leve (até 70,3kg.): Ottman Azaitar derrotou Teemu Packalen por nocaute a 3m33s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Belal Muhammad derrotou Takashi Sato por finalização a 1m55s do R3

Peso meio-médio (até 77kg.): Muslim Salikhov derrotou Nordine Taleb por nocaute técnico a 4m26s do R1

Peso médio (até 83,9kg.): Omari Akhmedov derrotou Zak Cummings na decisão unânime dos juízes (30-27 29-28 30-27)

Peso leve (até 70,3kg.): Don Madge derrotou Fares Ziam na decisão unânime dos juízes (30-27 29-28 30-27)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário