Após ter luta contra Vicente Luque confirmada, Stephen Thompson mantém respeito: ‘Lutador duro’

Norte-americano mostra que conhece jogo do brasileiro e mantém pés no chão para confronto que acontece em novembro

Luque (esq.) encara Thomspn (dir.) no UFC 244. Foto: Montagem SL MMA Press

Quando derrotou Mike Perry, em agosto, o brasileiro Vicente Luque pediu um confronto contra Sthepen Thompson à diretoria do Ultimate. Sabendo do desafio, o norte-americano aceitou encarar o rival e coube à empresa confirmar o confronto para o UFC 244, que acontece em 2 de novembro, em Nova York. Mostrando ciência dos perigos de enfrentar Luque, Thompson afirmou que mirava um combate contra Rafael dos Anjos, mas topou encarar um atleta em ascensão. A declaração foi feita em seu canal, ‘Fight Talk’ e transcrita pelo ‘Combate’.

Veja Também

Michel Pereira afirma que corte de peso influenciou em derrota: ‘Sabem que não canso assim’
Após vitória, Gaethje elogia Cowboy e volta a pedir chance pelo título dos leves
Gilbert Durinho substitui Thiago Pitbull no UFC Dinamarca e encara Gunnar Nelson

“Confesso que estava tentando enfrentar o Rafael dos Anjos primeiro, mas não aconteceu. Quis dar um passo atrás e lutar para vocês, pessoal, novamente. Vou enfrentar um cara duro, muito duro. Não se pode subestimá-lo. Ele é o 14º ou 15º (14º), mas está em uma sequência de seis vitória, disse Stephen.

Vicente é considerado uma das promessas brasileiras entre os meio-médios (77kg.), que, hoje, tem, além de Luque, apenas dois representantes tupiniquins entre os top 15 (Demian Maia e Dos Anjos). Conhecido por sua agressividade e alta periculosidade em seus golpes, o brasiliense carrega consigo um ar da velha guarda do MMA. O atleta gosta da luta em pé, apesar de ter um ótimo rendimento na luta agarrada.

A força física e capacidade de apagar seus oponentes com sequências eficientes de golpes renderam a Luque quatro nocautes em seus últimos seis confrontos. O atleta não perde desde seu revés para Leon Edwards, em combate ocorrido em março de 2017. Após o resultado negativo, o brasileiro não soube mais o que é perder dentro do Ultimate.

Em seu último compromisso, Vicente e Mike Perry travaram uma verdadeira guerra dentro do octógono. O norte-americano, inclusive, foi protagonista de uma das imagens mais fortes de todas as edições do UFC em 2019. Após uma joelhada voadora que acertou em cheio o nariz de Perry, o atleta teve uma fratura impressionante no rosto, que deixou sua aparência desfigurada.

Thompson relatou que assistia ao confronto e elogiou a performance de Luque.

“A luta contra o Mike Perry, literalmente, foi uma briga. Vicente é resistente, tem um lastro no kickboxing, mas estou pronto”, finalizou Stephen.

Thompson é duas vezes desafiante ao título da divisão. Nas duas oportunidades não conseguiu conquistar o cinturão. Em uma (2016), ficou no empate contra Tyron Woodley e, na outra (2017), saiu derrotado na decisão dividida dos juízes.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário