Gilbert Durinho substitui Thiago Pitbull no UFC Dinamarca e encara Gunnar Nelson

Brasileiro substitui compatriota, retirado do card após ter ficado doente, e enfrenta islandês com menos de duas semanas para duelo

G. Durinho (foto) em vitória pelo UFC Fort Lauderdale. Foto: Reprodução/Twitter gilbertdurinho

O brasileiro Gilbert Durinho pediu e o Ultimate atendeu. Após ter a notícia de que Thiago Pitbull, seu compatriota, não poderia se apresentar no UFC Dinamarca, que acontece no dia 28 de setembro, em Copenhague, o niteroiense solicitou que fosse escalado para encarar Gunnar Nelson na luta co-principal do evento no final do mês. Para não cancelar um dos 12 confrontos programados, a empresa aceitou e alocou Gilbert no confronto. A informação foi divulgada pelo ‘Combate’.

Veja Também

Michel Pereira afirma que corte de peso influenciou em derrota: ‘Sabem que não canso assim’
Após vitória, Gaethje elogia Cowboy e volta a pedir chance pelo título dos leves
Com 34 lutas pelo UFC e mais uma derrota, Cerrone descarta aposentadoria e afirma: ‘Quero completar 50’

Para o duelo, Durinho terá menos de 14 dias para se preparar e encarar Nelson, que vem de derrota para Leon Edwards. O brasileiro recentemente subiu para os meio-médios (até 77kg.). Segundo o lutador, o corte de peso entre os leves (até 70,3kg.), estava prejudicando seu rendimento e, segundo o próprio atleta, atuar entre os mais pesados poderia lhe render uma melhor performance.

Em sua última apresentação, que marcou a reestreia na categoria, o niteroiense foi até o Uruguai e encarou o russo Alexey Kunchenko no card que apresentava ao público a disputa de cinturão das moscas (até 56,7kg.) entre Valentina Shevchenko e Liz Carmouche como atração principal do espetáculo. Na ocasião, Durinho conseguiu bater o adversário e conquistar mais uma vitória na carreira.

Seu adversário do UFC Dinamarca, Nelson, tenta se recuperar de um momento instável na carreira. Em seus últimos quatro compromissos, o islandês saiu derrotado em duas oportunidades. No entanto, o atleta de 31 anos tem apenas quatro reveses em sua carreira que já soma 22 confrontos. O último triunfo de Gunnar aconteceu em dezembro do ano passado, quando o islandês conseguiu uma boa vitória por finalização sobre o brasileiro Alex Cowboy.

Durinho tenta mais uma vitória para, aos poucos, dar continuidade à sua escalada rumo ao topo da nova categoria, que hoje é reinada por Kamaru Usman. O niteroiense de 33 anos soma 16 vitórias e apenas três derrotas na carreira.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments