Waterson ignora problemas de Jedrzejczyk e mantém foco para luta de sábado: ‘Estou pronta!’

Norte-americana espera que polonesa consiga chegar ao peso limite das palhas e que trave combate principal do UFC Tampa

M. Waterson posa com a bandeira norte-americana. Foto: Reprodução/Instagram @karatehotiemma

Nesta quarta-feira (9), a organização do UFC Tampa acordou com uma notícia preocupante. Após o ‘Combate’ divulgar informações que afirmavam que a ex-campeã das palhas, Joanna Jedrzejcyk não conseguiria bater o peso limite para realizar a luta principal do evento deste sábado (12) junto à Michelle Waterson, um clima de apreensão e dúvida pairou no ar. Embora a equipe da polonesa não tenha confirmado a notícia, Michelle garante que continua no corte de peso e aguarda a adversária para realizar a peleja deste final de semana. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, a norte-americana falou sobre o assunto.

Veja Também

Bellator faz estreia no Japão com Fedor e Rampage se enfrentando em luta principal, em dezembro
Invicto no MMA, Kron Gracie evita palpite para combate deste sábado: ‘Expectativa é fazer uma boa luta’
Cejudo diz que pode abdicar do título dos moscas: ‘A divisão dos galos é mais chamativa’

“Pergunte à Joanna (se vai haver luta). Estou pronta para lutar. Ouvi que a Joanna estava tendo problemas para bater o peso e que ela queria renegociar o duelo para um peso casado. Eu aceitei essa luta sob a condição de nós duas lutarmos entre as palhas e, para mim, isso é muito sério e inegociável. Existem poucas coisas que você tem que fazer quando se é lutadora. Uma delas é bater o peso”, disse Waterson sem titubear.

Mesmo com todas as suposições com relação aos supostos problemas que a ex-campeã estaria passando, a equipe de Joanna não confirmaram a ausência da atleta no UFC Tampa. Michelle, inclusive, afirmou confiar no profissionalismo da adversária e acredita que o combate ainda está de pé.

“Eu sei que Joanna é super profissional e ela nunca deixou de bater o peso antes. Minha intenção é lutar pelo título das palhas, não pelas moscas ou galos. Quero as palhas”, indagou a atleta.

Tendo dito isso, a norte-americana fez questão de confirmar que permanece seguindo a estratégia de sua equipe. O corte de peso continua acontecendo normalmente como se nada tivesse acontecido.

“Estou aqui. Estou cortando peso. Estou pronta para lutar no sábado. Honestamente, eu não sei o que está acontecendo com Joanna e seu processo de treinamento. Eu estou focada. Estou deixando minha equipe descobrir o resto”, finalizou a lutadora.

O embate contra Jedrzejcyk, para Michelle, significa mais do que lucrar com uma luta principal em um evento do UFC. Enfrentar uma ex-campeã pode abrir o caminho para Waterson entrar no radar para uma futura disputa de cinturão, que recentemente passou das mãos da brasileira Jéssica Andrade para a chinesa Weili Zang.

Em sua conta oficial no Instagram, Joanna, no início da tarde desta quarta-feira (9), tratou de acalmar os fãs e tratou a situação com ironia. Em um vídeo, a lutadora questiona as suposições feitas ao longo do dia e dá a entender que tudo está correndo na normalidade.

“Eu não sei o que está acontecendo. A pesagem é na sexta-feira. Calma, pessoa. Está tudo bem. Vamos passo a passo”, finalizou a polonesa.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário