Bellator faz estreia no Japão com Fedor e Rampage se enfrentando em luta principal, em dezembro

Lendas retornam ao país em que se tornaram mundialmente famosos no início de suas carreiras no MMA

Q. Jackson (esq.) pode enfrentar F. Emelianenko (dir.) no fim do ano, no Japão. Foto: Montagem SL/MMA Press

O Bellator está, enfim, ampliando seus horizontes. A empresa realizará sua estreia no Japão e levará consigo reforços de peso e velhos conhecidos do público oriental. Para encabeçar o evento, que acontece em 29 de dezembro, em Saitama, Fedor Emelianenko e Quinton Jackson foram os combatentes escolhidos para elevarem o card no país. A confirmação do evento foi dada pelo presidente do Bellator, Scott Coker nesta quarta-feira (9), em entrevista coletiva.

Saiba mais

Invicto no MMA, Kron Gracie evita palpite para combate deste sábado: ‘Expectativa é fazer uma boa luta’
Cejudo diz que pode abdicar do título dos moscas: ‘A divisão dos galos é mais chamativa’
De volta ao MMA, Anthony Johnson afirma que quer enfrentar Francis Ngannou

“Para a estreia do Bellator no Japão, queríamos trazer um grande evento e lutadores com os quais os fãs japoneses realmente se conectam. Dada a vasta história das artes marciais e MMA no Japão, e especialmente em ‘Saitama Super Arena’, este será um show muito especial que ninguém vai querer perder. Este será, sem dúvida, um evento monumental para Bellator e estou ansioso para o momento em que Fedor e ‘Rampage’ entrarem na arena diante de uma multidão que os conhece desde o início de suas carreiras”, disse o mandatário.

Embora estejam no fim de suas carreiras, os lutadores são grandes ícones do MMA mundial e extremamente respeitados em território japonês pelos seus feitos no extinto PRIDE.

Fedor, que é, para muitos, o melhor atleta das artes marciais mistas de todos os tempos, já confirmou que está próximo de sua aposentadoria. Atualmente, a lenda russa está com 43 anos. Em seu vasto cartel, o atleta soma lutas com lendas do esporte como Pedro Rizzo, Rodrigo Minotauro, Mark Coleman e Ricardo Arona. Ao todo, Emelianenko soma 45 lutas, com 38 vitórias, seis derrotas e um combate sem resultado.

Assim como o russo, Rampage Jackson, famoso por sua agressividade e por ter ostentado um cinturão no Ultimate, está próximo do fim de sua jornada como lutador. Vindo de vitória contra seu eterno rival, Wanderlei Silva, o norte-americano terá a oportunidade de reencontrar o público japonês que tanto o ovacionou no início da década de 2000.

Rampage, hoje, tem 41 e já se apresentou em 51 oportunidades, vencendo 38 e saindo derrotado em 13 combates.

Fedor não luta desde seu revés contra Ryan Bader, em janeiro deste ano. Quinton, por sua vez, atuou em setembro do ano passado, na vitória contra o ‘Cachorro Louco’.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário