Dois dias após bater Arlovski, Jairzinho Rozenstruik substitui Walt Harris e enfrenta Overeem, em dezembro

Peso pesado entra no lugar de norte-americano, que busca filha desaparecida; combate representa a luta principal do UFC Washington

J. Rozenstruik (dir.) volta ao octógono em 7 de dezembro. Foto: Reprodução/Instagram @jairzinho.rozenstruik

A palavra cansaço não parece existir no dicionário de Jairzinho Rozenstruik. Depois de atropelar o ex-campeão peso pesado (até 120,2kg.) do Ultimate, Andrei Arlovski, no último sábado (2), pelo UFC 244, em Nova York (EUA), o combatente já tem um novo compromisso marcado. O gigante foi escalado para substituir Walt Harris na luta principal do UFC Washington, contra Alistair Overeem em 7 de dezembro. A informação foi divulgada pela ‘ESPN’.

Veja Também

Vicente Luque se manifesta após derrota: ‘Não era o resultado que eu queria, mas o que eu precisava’
Corey Anderson diz merecer chance pelo título antes de Reyes: ‘Acabei de derrotar uma estrela’
Covington acusa Usman de doping e campeão responde: ‘Vou matar esse palhaço!”

As últimas semanas têm sido um verdadeiro pesadelo na vida de Harris. O peso pesado passa por um drama familiar desde que sua enteada desapareceu. O atleta tem se dedicado exclusivamente para encontrar a jovem e precisou abandonar o confronto contra o holandês. Com a necessidade de manter o card de Washington, a empresa, então, teria convidado o combatente para trocar forças contra Overeem.

Em entrevista após o UFC 244, Rozenstruik já havia dado sinal verde para ‘salvar’ o card e manter a luta principal.

“Agora, vamos para a próxima. Com certeza, eu queria mais uma luta este ano. Se tiver esta oportunidade (de se apresentar no UFC Washington), estarei lá!”, afirmou o pesado.

Jairzinho, de fato, vem em uma ótima fase na carreira. Embora ainda não esteja ranqueado dentro da divisão, caso continue mantendo o bom retrospecto, não demorará muito para que o combatente figure entre os principais nomes da categoria.

Somente em 2019, ano da estreia pela companhia, o lutador subiu ao octógono em três oportunidades. Em todas o gigante saiu vencedor por nocaute. Somado o tempo que o atleta passou sobre a plataforma de luta do UFC, o tempo decorrido não chega a dois minutos.

Aos 31 anos, Jairzinho, que tem nove lutas como profissional, nunca foi derrotado. De todas as pelejas, em apenas uma oportunidade ele não nocauteou seu oponente.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments