Shogun e Paul Craig fazem duelo parelho e empatam no UFC São Paulo

Com direito a revolta da torcida, brasileiro e sueco não saem vitoriosos do combate neste final de semana

M. Shogun (esq.) recebe duro golpe de P. Craig (dir.) no UFC São Paulo. Foto: Reprodução/Facebook UFC

O público presente no UFC São Paulo pôde presenciar uma grande apresentação na luta co-principal da noite. Após tomar susto no round inicial, Maurício Shogun conseguiu se recuperar e assustar Paul Craig em uma batalha que levantou os fãs presentes no Ginásio do Ibirapuera.

Shogun foi um dos atletas mais ovacionados entre os 22 lutadores que se apresentaram até o momento. Na intenção de vencer para provar a boa fase, o curitibano esteve próximo de um nocaute no segundo round, mas Craig mostrou muita raça para suportar a pressão dos golpes impostos por Maurício.

Com o resultado dos juízes, o brasileiro teve seu primeiro empate em 38 lutas disputadas. Famoso por encerrar seus combates por nocaute, o atleta não escondeu a frustração depois do anúncio oficial de Bruce Buffer.

Kraig, que buscava sua segunda vitória consecutiva, acabou, também, tendo o ímpeto parado pela decisão.

A luta

Logo no início do combate, Craig assustou ao conectar um bom chute alto na cabeça de Shogun, que balançou. O sueco voltou a arriscar o chute, mas o brasileiro defendeu. O combate acabou indo para as grades, onde o brasileiro, no clinch, tentava pressionar o rival para conectar um bom golpe. Maurício passou por um mau momento após sofrer duros golpes no rosto. Os joelhos do curitibano chegaram a dobrar, mas, como sempre, o ex-campeão dos médios mostrou resistência e seguiu de pé. Após o susto, Shogun passou a perseguir Paul, que caminhava para trás. O sueco, no entanto, se mostrava perigoso com os cruzados, que raspavam o rosto do curitibano.

No segundo round, os atletas economizavam mais os golpes. Após se movimentarem no centro do octógono, Maurício tentou pressionar o rival na grade e, por pouco, não conectou um bom gancho no sueco. Os lutadores tentavam o nocaute e, quando tentou um chute, Craig teve a perna agarrada pelo brasileiro, que levou o sueco para o chão e desferiu duras ‘marteladas’, que quase apagaram Paul. No chão, Paul se defendia como podia, mas Maurício seguia tentando aplicar o famoso nocaute no sueco. O combate seguiu com Shogun pressionando e Craig se defendendo, até que a etapa foi encerrada.

Na etapa final, Shogun mostrou experiência e, após trocar alguns golpes de pé com seu oponente, tratou de levar o duelo para o chão. Em posição de vantagem, o curitibano buscava uma abertura para conseguir um golpe que pudesse terminar o confronto. Visivelmente desgastados, os lutadores diminuíam o ritmo. Paul conseguiu se levantar e, restando poucos segundos para o fim do combate, os lutadores partiram para a trocação franca, mas não havia mais tempo.

Resultados do UFC São Paulo

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (até 93kg.): Jan Blachowicz derrotou Ronaldo Jacaré na decisão dividida dos juízes (48-47 47-48 48-47)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Maurício Shogun empataram Paul Craig na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 28-28)

Peso leve (até 70,3kg.):Charles do Bronx derrotou Jared Gordon por nocaute a 1m26s do R1

Peso médio (até 83,9kg.): André Sergipano derrotou Antônio Arroyo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio (até 83,9kg.): Wellington Turman derrotou Markus Maluko na decisão unânime dos juízes (30-27 30-27 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77kg.): James Krause derrotou Serginho Moraes por nocaute a 4m19s do R3

Peso pena (até 65,7kg.): Ricardo Carcacinha finalizou Eduardo Garagorri com um mata-leão a 3m57s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Francisco Massaranduba derrotou Bobby Green na decisão unânime dos juízes (29-28 30-27 29-28)

Peso meio-médio (até 77kg.): Randy Brown finalizou Warlley Alves com um triângulo a 1m22s do R2

Peso pena (até 65,7kg.): Douglas D’Silva derrotou Renan Barão na decisão unânime dos juízes (30-27 30-26 30-27)

Peso mosca (até 56,7kg.): Ariane Lipski derrotou Isabela de Pádua na decisão unânime dos juízes (30-26, 29-27, 30-26)

Peso galo (até 61,2kg.): Tracy Cortez derrotou Vanessa Melo na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments