Thiago Pitbull assina contrato e vai atuar no ‘boxe sem luvas’

Após fim de contrato com o UFC, brasileiro é o mais novo lutador do Bare Knuckle; atleta deve estrear em abril ou maio

T. Alves (foto) cogita aposentadoria do MMA. Foto: Reprodução/Twitter @ ufc_brasil

Após estudar propostas do Bellator e PFL, o brasileiro Thiago Pitbull já decidiu onde irá se apresentar após o fim de seu contrato com o UFC. Veterano no MMA, o atleta é o mais novo contratado do ‘Bare Knuckle Fighting Championship’ (BKFC), esporte que promove uma espécie de boxe sem luvas. A informação foi confirmada pelo presidente da empresa, David Feldman, em entrevista ao ‘MMA Fighting’, nesta quarta-feira (22).

Saiba mais

Ultimate planeja luta entre Ketlen Vieira e Marion Reneau para card em São Paulo, em maio
Felipe Cabocão espera grande atuação contra Montel Jackson neste sábado: ‘Muita vontade de vencer’
Johnny Walker revela ‘calote’ de R$120 mil de antigo treinador e admite procura por novo ‘mentor’

“Eu estou muito animado de ter o Thiago (Pitbull) no BKFC. Ele é um atleta muito experiente e sempre trava boas lutas. Ele vai fazer sua estreia em abril ou maio”, afirmou o ‘chefão’.

Com 38 lutas em seu cartel profissional no MMA, o brasileiro, agora, irá se arriscar em um novo desafio em sua carreira. Ciente das qualidades de ‘Pitbull’, David espera que o atleta leve seu prestígio para sua empresa e realize grandes feitos.

“Estamos esperando grandes coisas para ele. Ele é um grande lutador e uma grande pessoa”, finalizou Feldman.

Em 2019, o dois outros conhecidos do público brasileiro foram vistos atuando pelo Bare Knuckle. Os ex-atletas do UFC, Antônio Pezão e Gabriel Napão se enfrentaram em uma luta dura na qual Gabriel acabou vencendo por nocaute.

Além dos dois pesados, a diretoria da empresa também flerta com Wanderlei Silva, ídolo do PRIDE e um dos maiores nomes da história do MMA e ‘Vale Tudo’.

Thiago Pitbull deixou de ser atleta do Ultimate após a realização da última luta de seu contrato, em dezembro de 2019, quando acabou derrotado por Tim Means em uma das lutas do UFC Washington.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário