Rafael dos Anjos é surpreendido por Chiesa no UFC Releigh e perde segunda consecutiva

Ex-campeão dos leves teve poucas chances na luta co-principal da noite e acabou sucumbindo ao jogo de quedas do campeão do TUF 15

Chiesa (esq.) levou a melhor sobre RDA (dir.). Foto: Reprodução / Instagram@UFC

Não deu para Rafael dos Anjos. Buscando a reabilitação após derrota diante de Leon Edwards em sua última aparição no octógono, em julho do ano passado, o ex-campeão dos pesos leves do Ultimate acabou surpreendido por Michael Chiesa e levou a pior na luta co-principal do UFC Releigh, neste sábado (25), acumulando assim seu segundo revés consecutivo.

Saiba mais

Estreante brasileiro Herbert Burns vence no card preliminar do UFC Raleigh
Cigano é nocauteado por Curtis Blaydes na luta principal do UFC Raleigh
Cyborg atropela Budd e conquista cinturão do Bellator em sua estreia

Com um jogo de quedas extremamente justo e valendo-se de forma exemplar das posições superiores no solo, o campeão do reality show The Ultimate Fighter 15 garantiu a maior vitória de sua carreira e, de quebra, na entrevista pós-luta pediu um duelo contra o ex-campeão interino dos meio-médios Colby Colvington. Para Rafael dos Anjos, a derrota marcou seu décimo terceiro revés em 42 combates profissionais.

A luta

O duelo começou com muito estudo e o Rafael dos Anjos mantendo-se no centro do octógono. Rafael conseguiu encurtar bem e atacou a linha de cintura do norte-americano, porém, acabou surpreendido no contragolpe e terminou na grade, com Chiesa tentando partir para suas costas. Maverick conseguiu levar o combate para o solo e, com o “cadeado” fechado na linha de cintura do brasileiro, partiu para o ataque na região do pescoço, buscando uma finalização via mata-leão. Porém, Dos Anjos se defendeu bem e conseguiu voltar para a meia-guarda, para posteriormente retornar de pé. Rafael até tentou um chute na linha de cintura, mas acabou novamente sendo quedado antes do fim do primeiro assalto.

O segundo round começou com Chiesa novamente tentando as quedas, mas, desta vez, Rafael dos Anjos conseguiu negar a investida do norte-americano e, com um golpe de encontro, conseguiu um bom knockdown. Na segunda tentativa de Chiesa, no entanto, Rafael acabou mais uma vez com as costas no chão. De volta em pé, Chiesa passou a mostrar sinais de cansaço, o que foi prontamente explorado por Dos Anjos com uma boa sequências de chutes baixos. Sentindo a pressão para equilibrar a contagem na parcial, Maverick mais uma vez partiu para as pernas do brasileiro e conseguiu sua segunda queda no round e com poucos segundos no relógio apenas controlou os momentos finais.

O terceiro assalto começou mais uma vez com Michael Chiesa buscando, e conseguindo, a queda. Por cima, o norte-americano desta vez tirou o brasileiro da região próxima à grade, diminuindo assim as chances de reação do adversário. Chiesa então partiu para uma chave de braço, mas, sem sucesso, os dois acabaram na guarda 50/50. Maverick então retornou para a guarda de Rafael e, com pouco mais de um minuto restando para o fim do combate e a vantagem já adquirida até então, apenas fez o suficiente para que a posição de pé não fosse restabelecida antes do gongo final.

Após 15 minutos, os jurados declaram Michael Chiesa vencedor em decisão unânime, com dois deles marcando 29×28 e um 30×27 em favor do norte-americano.

Confira abaixo os resultados parciais do UFC Releigh:

CARD PRINCIPAL 

Peso pesado: Curtis Blaydes x Junior Cigano

Peso meio-médio:  Michael Chiesa venceu Rafael dos Anjos em decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28 e 29×28)

Peso mosca: Alex Perez venceu Jordan Espinoza por finalização (katagatame) a 2m33s do R1

Peso palha: Angela Hill venceu Hannah Cifers por nocaute técnico (socos) a 4m26s do R2

Peso meio-pesado: Jamahal Hill venceu Darko Stosic em decisão unânime dos juízes (29×27, 29×27 e 29×27)

CARD PRELIMINAR 

Peso médio: Bevon Lewis venceu Dequan Townsend em decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27 e 30×27)

Peso pena: Arnold Allen venceu Nik Lentz em decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28 e 29×28)

Peso mosca: Justine Kish venceu Lucie Pudilova em decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27 e 30×27)

Peso galo: Montel Jackson venceu Felipe Cabocão em decisão unânime dos juízes (30×26, 30×26 e 30×25)

Peso galo: Sara McMann venceu Lina Lansberg em decisão unânime dos juízes (30×27, 30×26 e 30-25)

Peso galo: Brett Johns venceu Tony Gravely por finalização (mata-leão) a 2m53s do R3

Peso pena: Herbert Burns venceu Nate Landwehr por nocaute técnico a 2m43s do R1

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Tópico de comentário
0 Responder Comentário
0 Seguir
 
Comentário com mais reações
Tópico de comentários mais discutido
1 Comentários do autor
Sonia Lima Novos comentários do autor
Sonia Lima
Membro
Sonia Lima

Dos Anjos devia voltar para os leves ele não aguenta os meio-médios.