Após 2019 vitorioso, Everton Oliveira, preparador físico da ATT, projeta 2020 com mais conquistas

Brasileiro responsável por manter a forma de Amanda Nunes e outros campeões fala sobre expectativa para o novo ano

E. Oliveira posa com cinturões conquistados pela ATT. Foto: Divulgação

Um dos profissionais responsáveis pela preparação física dos atletas da American Top Team, Everton Oliveira tem motivos de sobra para se empolgar com o novo ano. Após a confirmação de Amanda Nunes como uma das melhores atletas da história do MMA, o brasileiro também comemora o título de Natan Schulte, pela PFL e aposta em nomes como Thiago Marreta para a nova temporada. Em entrevista compartilhada com o SUPER LUTAS, curitibano falou sobre a expectativa em 2020.

Veja Também

Jędrzejczyk provoca Zhang com ‘piada’ sobre Coronavírus, é repreendida por rival e se desculpa
Mackenzie Dern enfrenta Ariane Sorriso no UFC Lincoln, em abril
UFC cria ranking peso-por-peso feminino e escala Amanda Nunes como número um

“Foi ótimo ter a Amanda lutando por cinco rounds (no UFC 245, em 14 de dezembro). Ela é arrasadora, resolve a maioria das lutas de maneira agressiva, inteligente e rápida, mas, desta vez, ela provou também estar com o preparo físico pronto para qualquer tipo de luta que aconteça”, afirmou.

Everton participa dos treinamentos de Amanda Nunes desde 2014 e é um dos principais responsáveis pelo sucesso da brasileira. Dona de dois cinturões pela empresa (galos e penas), a atleta divide com o brasileiro o mérito de estar no topo da organização.

O curitibano também comemorou a conquista recente de Natan Schulte. O lutador, no último ano, se tornou bicampeão do GP dos leves da PFL (Professional Fighters League) e faturou o prêmio milionário (US$1 milhão) oferecido pela empresa ao campeão.

“O Natan é um lutador incrível, que trabalha e se dedica muito nos treinamentos, e não é por acaso que tem feito história no PFL. O trabalho que desenvolvo com ele me enche de orgulho porque, em suas recentes competições, por duas vezes, ele fez duas lutas na mesma noite, o que requer um condicionamento físico de excelência. Em ambas ocasiões, saímos vitoriosos”, contou o preparador.

Além dos campeões, Oliveira mantém a confiança em um atleta em especial do UFC. O profissional é responsável por cuidar do preparo de Thiago Marreta, que disputou o cinturão dos meio-pesados (até 93kg.) pelo Ultimate em 2019 e promoveu o combate mais duro da carreira de Jon Jones, até o momento.

“Nós ficamos muito orgulhosos do que o (Thiago) Marreta apresentou ao mundo na luta contra o Jon Jones. Foi surpresa para muitos, mas não para quem convive com ele. Tínhamos total confiança que era possível ele destronar o campeão, mas não foi possível desta vez. Esperamos que ele tenha uma nova chance ao título em 2020, assim como o Marlon Moraes”, declarou Everton, que recentemente começou a trabalhar com o ‘Mágico’, ex-desafiante ao título dos galos (até 61,2kg.).

Por fim, o preparador afirmou que a ATT vem forte para a nova temporada. Com grandes nomes em seu ‘plantel’, a academia quer mais títulos para manter a tradição dentro do esporte.

“A American Top Team é a maior equipe de MMA do mundo, tem um time muito forte de atletas, e todo ano nos reserva muitos desafios. Estou muito empolgado por tudo que estar por vir em 2020, e tenho certeza que ao final da temporada o resultado será novamente de excelência”, finalizou.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário