UFC encaminha luta entre Marlon Moraes e Petr Yan para junho, no Cazaquistão

Candidatos a uma futura disputa de cinturão, pesos galos trocam forças em combate que pode definir o adversário do vencedor entre Cejudo e Aldo

M. Moraes (foto) em ação pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Vindo de vitória sobre José Aldo, Marlon Moraes pode ter outro grande desafio na divisão dos galos (até 61,2kg.). O ex-desafiante ao título da categoria tem confirmação verbal para um encontro contra o perigoso Petr Yan no em card que acontece em Nur-Sultan, no Cazaquistão, em 13 de junho. A luta pode definir o adversário para o vencedor da luta entre Henry Cejudo e José Aldo, que se enfrentam pelo cinturão da categoria em 9 de maio, no UFC 250, em São Paulo. A informação foi divulgada pelo ‘MMA Junkie’.

Veja Também

Dana crava Paulo Borrachinha como adversário do vencedor entre Israel Adesanya e Yoel Romero
Fábio Maldonado admite negociações para atuar no ‘boxe sem luvas’
Alex Cowboy visualiza vitória no UFC 248 para não correr riscos de demissão: ‘Não posso dar mole’

Este será o primeiro desafio de Marlon desde que o friburguense derrotou Aldo em uma das lutas principais do UFC 245, que aconteceu em dezembro do ano passado. Mesmo tendo batido o compatriota na decisão dividida dos juízes, o Ultimate optou por escalar o manauara como responsável por dividir o octógono com Henry Cejudo na primeira defesa de título do norte-americano.

Moraes, que demonstrou sua insatisfação com a decisão da empresa em eleger José como desafiante ao posto de campeão, agora terá que focar em quebrar a sequência de vitórias de Petr, que tem se mostrado um dos competidores mais duros da categoria.

O russo, que vem de grande vitória sobre Urijah Faber, já chegou a afirmar que não escolhe oponentes. A única objeção seria encarar um rival que viesse de derrota. Após acertar o embate com Marlon, Yan aproveitou para provocar o atual campeão, que enfrentará um adversário vindo de derrota.

“O perdedor luta pelo cinturão, Henry Cejudo?”, escreveu Petr.

Caso o embate seja oficializado pelo Ultimate, Marlon chegará à marca de 31 apresentações na carreira como profissional no MMA. Hoje, o brasileiro soma 23 vitórias, seis derrotas e um empate.

Yan, de 27, soma 15 apresentações e tem apenas um revés em seu cartel. O russo vem de nove vitórias consecutivas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments