Em quarentena, Alexander Volkanovski não quer defender título contra Max Holloway no UFC 251, em junho

Campeão dos penas confirma que isolamento social impende treinamentos de alto rendimento e fato pode comprometer performance diante do rival

A. Volkanovski após conquistar o cinturão dos penas no UF 245. Foto: Reprodução/Instagram @alexvolkanovski

Depois de ser anunciado que Valentina Shevchenko está fora da luta contra Joanne Calderwood no UFC 251, que acontece em 6 de junho, em Perth, na Austrália, o card pode ter outra baixa de peso. O campeão dos penas (até 70,3kg.), Alexander Volkanovski, afirmou que não pretende enfrentar Max Holloway naquela que estava sendo negociada para representar a luta principal do espetáculo. Em entrevista à ‘ESPN’, o australiano explicou a possível ausência pela influência da pandemia do coronavírus (COVID-19) em sua rotina de treinos.

Veja Também

Cejudo sugere Dominick Cruz como reserva, caso Aldo não possa participar do UFC 250
Maior rival de Jones, Daniel Cormier lamenta nova prisão do campeão: ‘Não tive alegria nenhuma’
Lesão tira Valentina Shevchenko da defesa do cinturão no UFC 251, em junho

“Eu estou em uma situação complicada, porque eu estou em quarentena. Não posso treinar da maneira ideal e não posso viajar à Nova Zelândia. Então, nós ainda vamos seguir com aquele card? Eu não acho que seja uma boa ideia para mim, especialmente depois de ter a mão quebrada (o atleta se recupera de uma fratura na mão sofrida no primeiro encontro contra Holloway, em dezembro de 2019). Para mim, tentar recuperar uma lesão e imediatamente entrar em treinamento, não ter a preparação adequada, não é uma boa ideia”, disse o campeão.

Volkanovski, então, se mostrou pessimista quanto a realização do evento na data programada. Segundo o atleta, a empresa deveria adiar, no entanto, não se opõe se a empresa preferir manter o card sem ele.

“Não acho que o card de Perth vá em frente, mas, se for, não sei as chances de eu estar nele”, completou.

Embora a ideia de realizar a revanche entre Alexander e Max na Austrália seja um desejo declarado pelo presidente do Ultimate, Dana White, imediatamente após o primeiro confronto entre os penas, a luta nunca foi oficializada, de fato, pela organização.

“Para ser honesto, nada foi assinado ou confirmado. Tudo apontava para Perth, mas ainda não temos certeza se vai acontecer ou não”, finalizou.

Volkanovski se tornou campeão dos penas após dominar Holloway em uma das lutas principais do UFC 245. O atleta, agora, aguarda para sua primeira defesa de cinturão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments