Após perder para Gilbert Durinho, Tyron Woodley aceita luta contra Colby Covington: ‘Estou dentro’

Ex-campeão dos meio-médios afirma que UFC ofereceu desafio contra polêmico compatriota depois do desafio contra brasileiro

T. Woodley em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Menos de uma semana após sua derrota para Gilbert Durinho, realizada no último sábado (30), Tyron Woodley já está negociando seu próximo compromisso. Segundo o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.), o UFC já ofereceu um desafio contra o polêmico Colby Covington.

Veja Também

Amanda Nunes diz que já pode ter contraído coronavírus: ‘Acho que passei rapidamente’
Wanderlei Silva é atropelado por carro em passeio de bicicleta em Curitiba: ‘Poderia ter morrido’
Sem luta marcada, Marlon Moraes pede para enfrentar Dominick Cruz: ‘Não ligo para o ranking’

“Eles (diretoria do Ultimate) me ofereceram essa luta. Eu disse que estou dentro. Quero dizer, não quero falar do Colby, porque ele é um ator. Eu sei o que ele está fazendo e faz sentido. É um pouco engraçado de ver. No fim das contas, ele já recusou me enfrentar umas cinco ou seis vezes. Acho que depois de eu perder duas lutas seguidas, ele deve aceitar”, disse Woodley em entrevista à ‘ESPN’.

Depois do revés de Tyron para Durinho, Colby não perdeu a oportunidade para ‘cutucar’ o antigo número um da categoria. Na ocasião, o atleta afirmou que Woodley estaria falido e acabado, aos 38 anos de idade.

Mesmo vindo de duas derrotas consecutivas, o ex-campeão, hoje, ocupa lugar de desataque na categoria dominada por Kamaru Usman. Após a última atualização no ranking do Ultimate, Tyron, que estava em primeiro, caiu para o quarto lugar.

Covington não luta desde sua derrota para Usman na disputa do cinturão linear da divisão, em dezembro do ano passado. O ‘falastrão’ é o número dois no grupo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments