Justin Gaethje manda recado a Khabib após falecimento de Abdulmanap: ‘Morreu orgulhoso de você’

Próximo adversário do russo pelo cinturão linear dos leves, norte-americano presta homenagem ao pai do rival

J. Gaethje segue como campeão interino dos leves. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Próximo adversário de Khabib Nurmagomedov pelo cinturão linear dos leves (até 70,3kg.), Justin Gaethje se manifestou após a morte do pai do russo, Abdulmanap. O norte-americano lamentou o ocorrido e prestou solidariedade ao companheiro de profissão.

Veja Também

Pai e mentor de Khabib, Abdulmanap Nurmagomedov morre aos 57 anos, vítima de complicações da Covid-19
Comunidade do MMA lamenta morte do pai de Khabib Nurmagomedov
José Aldo critica Jon Jones por pedir aumento: ’Se não fosse o UFC, o que ele seria?’
Anderson Berinja testa positivo para Covid-19 e está fora de card do UFC na ‘Ilha da Luta’

“É de partir o coração ouvir as notícias sobre o lendário Abdulmanap Nurmagomedov. Eu sinto muito, Khabib. Seu pai morreu com o coração cheio de orgulho sabendo que você vai carregar seu legado”, publicou Justin em sua conta no ‘Twitter’.

A notícia da morte de Abdulmanap se confirmou na manhã desta sexta-feira (3). O pai e mentor de Khabib estava internado na Rússia desde o fim de abril e faleceu por complicações diante da Covid-19.

Ao longo do dia, diversas personalidades do MMA manifestaram sua solidariedade ao campeão linear dos leves. Nomes como Cris Cyborg, Cody Garbrandt, Renzo Gracie, Michael Bisping e outros prestaram suas condolências.

Até o momento, Nurmagomedov não falou sobre sua perda.

Gaethje x Khabib

Apesar das condolências, a expectativa é que Gaethje e Khabib se encontrem para um confronto que será válido pela unificação do cinturão da categoria. O norte-americano conquistou o direito de desafiar o atual campeão linear após bater Tony Ferguson em luta válida pelo título interino da divisão, em maio.

Mesmo antes de colocar na condição de enfrentar a lenda russa, Justin nunca escondeu sua admiração pelo campeão. Quando derrotou Donald Cerrone, em setembro do ano passado, o norte-americano chegou a declarar que seria muito difícil derrotar Nurmagomedov, mas que tinha o sonho de tentar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments