Caso vença Kamaru Usman, Jorge Masvidal quer dar chance de título a Nate Diaz: ‘Venha lutar por esse cinturão’

Escalado de última hora para enfrentar campeão meio-médio neste sábado, norte-americano traça planos para o futuro

J. Masvidal (esq.) e N. Diaz (dir.) antes de luta pelo UFC 244. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de aceitar substituir Gilbert Durinho na luta principal do UFC 251, neste sábado (11), Jorge Masvidal já traça planos, caso vença Kamaru Usman na disputa do título dos meio-médios (até 77kg.). Em entrevista à ‘ESPN’, o norte-americano afirmou que pretende dar a Nate Diaz uma chance de enfrentá-lo pelo cinturão linear da divisão.

Veja Também

Jorge Masvidal comemora vitória em ‘queda de braço financeira’ com UFC: ‘Sabem que mereço’
Sem lutar desde dezembro, Marlon Moraes desafia ex-campeões dos galos: ‘Estão fugindo’
Irmão de Durinho questiona declaração de Borrachinha, que se explica: ‘Me referi ao UFC’

“Existem dois caras que estão no meu radar e Nate definitivamente é um deles”, afirmou o ‘Jesus das Ruas’.

Jorge e Nate protagonizaram um dos espetáculos mais assistidos de 2019, quando trocaram forças por um cinturão simbólico criado pelo UFC exclusivamente para o UFC 244, em novembro. Na ocasião, Masvidal derrotou o compatriota por nocaute (interrupção médica) e, à época, prometeu uma revanche ao rival.

“Não interessa, aquela foi uma luta boa. Eu sei que ele quer me enfrentar de novo. Estou dizendo, de coração, eu também quero. Quando eu pegar esse cinturão, nada melhor do que dar a ele a oportunidade. Ele me deu a chance de enfrentá-lo pelo cinturão de ‘Mais Casca-Grossa’. Vamos lá. Venha lutar por esse cinturão agora”, contou.

Além de um novo encontro com Diaz, Jorge revelou qual outro oponente gostaria de trocar forças, caso tome o título de Usman. Trata-se de outro velho conhecido, mas, desta vez, o norte-americano optou por um oponente que já o derrotou no passado.

“Outro cara que, definitivamente, vamos analisar em algum momento é (Stephen) Thompson. Não é nada pessoal. Não tenho nada além de amor e respeito por esse indivíduo. Eu adoraria ter a revanche. Acho que poderia fazer melhor do que em nosso primeiro encontro. Acho que encaixa bem”, finalizou.

Stephen e Masvidal se encontraram em novembro de 2017, pelo UFC 217. Na ocasião, Thompson levou a melhor contra Jorge e venceu na decisão unânime dos juízes.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments