Dana White nega disputa do cinturão de ‘Mais Casca-Grossa’ de Masvidal a Usman

Presidente do Ultimate afirma que campeão dos meio-médios insistiu para que título simbólico também fosse colocado em jogo no UFC 251

D. White em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Campeão linear dos meio-médios (até 77kg.), Kamaru Usman teve um pedido rejeitado pela diretoria do Ultimate. Com luta marcada contra Jorge Masvidal neste sábado (11), o nigeriano sugeriu que, além de seu título, também fosse colocado em jogo o cinturão simbólico de ‘Mais Casca-Grossa’ do rival no UFC 251. O presidente do Ultimate, então, foi ligeiro e rejeitou a proposta.

Veja Também

Usman coloca Masvidal acima de Covington e prevê grande vitória no UFC 251: ‘Vou abençoá-lo com meus punhos’
Léo Santos analisa luta técnica contra Roman Bogatov no UFC 251: ‘Pode ser chata’
Durinho revela torcida para Usman no UFC 251: ‘Se Masvidal vencer, vai virar um circo’

“Não está em jogo. Usman queria muito que estivesse. Ele não vai parar de me mandar mensagens dizendo: ‘Eu não entendo por que esse cinturão não está valendo’. Ele vem dizendo: ‘Ele não vai tirar meu cinturão, eu vou tirar o dele’. Acreditem, ele não para de me aterrorizar com isso”, disse Dana em entrevista ao ‘TMZ Sports’.

Mesmo descartando a possibilidade para este final de semana, White não rejeita a chance de que o cinturão de Masvidal seja colocado em jogo em outro cenário. O mandatário cogita uma promoção entre Jorge e seu pupilo, Conor McGregor.

“Isso é uma possibilidade. ‘Masvidal x McGregor’ pelo cinturão de ‘Mais Casca-Grossa”, finalizou.

Jorge aceitou o desafio de encarar Usman com uma semana de antecedência par ao confronto. O atleta substitui Gilbert Durinho, que deixou o card após testar positivo para COVID-19.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments