Michel Pereira analisa a boa vitória no UFC Las Vegas 9 e explica desafio a Jorge Masvidal

'Paraense Voador' critica postura de rival e mostra confiança quanto ao seu futuro na organização

Michel Pereira estava pressionado para a luta contra Zelim Imadaev, válida pelo UFC Las Vegas 9, evento realizado no sábado (05), nos EUA, e só a vitória evitaria seu corte da organização. No entanto, o brasileiro, vindo de duas derrotas consecutivas, ignorou o momento delicado e teve a melhor performance de sua carreira.

Além dessa ter sido a última luta de seu contrato com o UFC, Michel foi agredido pelo adversário na pesagem e, justamente, essas circunstâncias motivaram o ‘Paraense Voador’, que retribuiu o tapa antes de finalizar o combate no terceiro round. Na coletiva de imprensa, o brasileiro criticou a postura do russo e acredita que ele tenha aprendido a lição.

Veja Também

Michel Pereira cumpre promessa e conquista bônus por ‘Performance da Noite’ após UFC Las Vegas 9
Michel Pereira dá show, finaliza Zelim Imadaev e desafia Jorge Masvidal: ‘Você é o próximo’
VÍDEO: Assista o show de Michel Perreira, o Paraense Voador, no UFC Las Vegas 9
Alistair Overeem faz projeção para nova disputa de cinturão: ‘Preciso de mais uma vitória’
Augusto Sakai começa bem, mas acaba perdendo por nocaute para Alistair Overeem no UFC Las Vegas 9

“Não sei porque ele me deu um tapa no rosto, mas eu falei que iria descontar e descontei na luta. Nao se faz isso com ninguém, não se bate na cara de um homem e provei que ele não deve fazer isso. Mostrei a mão, dei um beijo e um tapa na cara para ele aprender a não fazer isso e a respeitar os atletas”, disse Michel.

A grande vitória fez o brasileiro readquirir a confiança e isso ficou evidente em seu discurso. Empolgado, o ‘Paraense Voador’, simplesmente, desafiou Jorge Masvidal e justificou sua escolha.

“Quero enfrentar os melhores e Masvidal é com quem quero lutar. Se ele me desrespeitasse, sim. Eu quero lutar com ele, fazer um grande combate”, finalizou.

Michel Pereira chegou ao UFC em 2019 e disputou quatro lutas pela companhia. Após impressionar em sua estreia, ao apresentar seu arsenal e nocautear Danny Roberts no primeiro round, o brasileiro foi surpreendido e acabou derrotado por Tristan Connelly e Diego Sanchez. Ao voltar ao caminho das vitórias, o ‘Paraense Voador’ busca dar continuidade a boa fase para enfrentar os tops do peso meio-médio (77kg).

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments