Ben Askren adota cautela ao falar de Khamzat Chimaev: ‘Só vimos duas vezes no UFC’

Ex-campeão do ONE FC afirma que sueco precisa de mais testes para que seja comprovada sua qualidade dentro da organização

B. Askren em entrevista. Foto: Reprodução/YouTube ESPN MMA

Desde que estreou no Ultimate, em julho deste ano, Khamzat Chimaev tem causado reboliço entre os fãs e até mesmo com a diretoria da organização. Mesmo com duas vitórias convincentes, para Ben Askren, o atleta ainda precisa se provar contra adversários de alto nível para, assim, confirmar seu sucesso.

Veja Também

Covington evita comparações com Woodley e promete luta emocionante no sábado: ‘Vai ser violenta’
Sem chegar a um acordo com o UFC, Patricky Pitbull desafia Dustin Poirier: ‘Venha para o Bellator!’
Com os ânimos exaltados, Chimaev e Meerschaert se estranham antes da luta no UFC Las Vegas 11

“A parte difícil disso é que vimos ele duas vezes no UFC. O primeiro cara que ele enfrentou, John Phillips, tinha uma vitória e quatro derrotas no UFC. Então, não teve muito sucesso. O segundo cara Rhys McKee tinha acabado de entrar na organização. Então, ainda não tinha vencido. Ele realmente amassou aqueles caras, mas eles tinham o nível de Gerald Meerschaert? A resposta é ‘não’. Algumas vezes as pessoas podem se sair bem contra adversários não tão bons e, quando são submetidos a um pouco de competição, é muito mais difícil”, afirmou Askren, em entrevista ao ‘Submission Radio’.

Ben, então, se mostrou ansioso para saber como Chimaev vai se sair contra um oponente mais técnico. O ex-campeão do ONE FC, no entanto, terá a oportunidade de analisar Khamzat neste sábado, contra Meerschaert, em uma das lutas mais aguardadas do UFC Las Vegas 11.

“Eu realmente não sei o que esperar de Chimaev. Eu sei que Gerald é muito bom, muito duro. (…) Uma das coisas que sei é que Gerald é difícil de ser finalizado, difícil de controlar. Consigo ver Chimaev partindo para cima e não conseguindo causar dano, finalizar e, depois, Gerald começar a controlar a luta. Vejo isso 100%”, finalizou.

Contra Meerschaert, Khamzat chegará à marca de três apresentações em apenas dois meses. O atleta ainda negocia um confronto contra Demian Maia para o próximo mês. Hoje, Chimaev soma oito resultados positivos na carreira e nunca foi batido no MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments