Com os ânimos exaltados, Chimaev e Meerschaert se estranham antes da luta no UFC Las Vegas 11

Atletas, que já estavam se provocando, discutiram quando se encontraram e prometem roubar a cena do evento

K. Chimaev (esq.) e G. Meerschaert (dir.) discutem antes do UFC Las Vegas . Foto: Reproduç]ao/Instagram

A ascensão de Khamzat Chimaev acaba de ganhar mais um capítulo interessante. O sueco, que enfrentará Gerald Meerschaert, no UFC Las Vegas 11, evento que será realizado neste sábado (19), nos EUA, pela primeira vez no UFC, teve um entrevero antes da luta. Segundo informações, os atletas se encontraram nos bastidores e o clima ficou tenso. Na coletiva de imprensa pré-show, realizada virtualmente, Chimaev contou sua versão da história e prometeu punir o adversário.

O motivo da polêmica foi a declaração de Dana White, que revelou que ‘Borz’, após enfrentar Meerschaert, deve ter como adversário Demian Maia, em outubro.

Veja Também

Vídeo: Prestes a lutar no UFC Las Vegas 11, Khamzat Chimaev oferece ajuda a morador de rua nos EUA
Mais experiente, Reyes projeta longo reinado como campeão antes de enfrentar Blachowicz no UFC 253
Blachowicz mostra confiança para enfrentar Reyes no UFC 253: ‘Nem a pandemia vai me parar’
Woodley quer humilhar Covington neste sábado e garante não cumprimentar rival após a luta
Donald Cerrone promete se divertir contra Niko Price neste sábado: ‘É o meu plano’

“Meerschaert se sentiu desrespeitado, mas não entendo o motivo. Lutarei com ele agora e no mês que vem, sendo que já lutei duas vezes em dez dias. Ele fala muito! Ele disse que o desrespeitei e não gostei disso. Respondi “vou te esmagar, galinha”. Depois disso, ele não falou mais nada. Sou melhor em todas as áreas. No na luta agarrada e em pé. Ninguém vai me parar! Não sei o que vai acontecer, mas darei 100% de mim pata matar esse cara. Essa é a única coisa que sei. Vou com tudo para acabar com ele!”, disse Chimaev.

Por sua vez, Gerald Meerschaert contou seu lado da história, lamentou o comportamento de Chimaev, ao tentar intimidá-lo na presença dos amigos, e questionou o profissionalismo do rival.

“Passamos um pelo outro no corredor e Chimaev começou a falar mal de mim. Ele disse “não fale muito” e eu respondi “tudo certo”. Lutaremos em breve e não quero fazer nada agora, porque pretendo ser pago. Não sei qual é o problema dele e não é só isso. Acho horrível um lutador querer brigar, quando os amigos estão do lado. Eu tinha apenas um comigo. Ele não precisa gostar de mim, nem eu dele, mas temos que deixar isso de lado e só lutar no octógono. Uma coisa é você desafiar atletas depois da luta. Muitos fazem isso. Têm atletas que querem lutar frequentemente, mas Chimaev está escolhendo até as datas. É ele quem arma as próprias lutas e isso me irrita”, finalizou Meerschaert.

Se Khamzat Chimaev não teve trabalho ao vencer duas lutas em dez dias, na primeira temporada da Ilha da Luta, em Abu Dhabi, dessa vez, o sueco pode travar uma batalha, já que Gerald Meerschaert é o azarão e está extremamente motivado para frustrar os planos do UFC e, principalmente, Dana White, que não esconde que o atleta é uma das maiores promessas do MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments