Leon Edwards desafia Colby Covington e chama rival de racista: ‘Eu cuido dele em dezembro’

Sem adversário, inglês busca novo compromisso e investe no ‘Caos’, que derrotou Tyron Woodley no UFC Las Vegas 11

L. Edwards (foto) desafia C. Covington. Foto: Reprodução/Twitter @ufceurope

Atual número três no ranking dos meio-médios (até 77kg.), Leon Edwards segue a busca incansável por um novo adversário. Sem lutar desde julho do ano passado, o inglês voltou sua atenção para Colby Covington, que conquistou uma grande vitória contra Tyron Woodley no último sábado (19), pelo UFC Las Vegas 11. Em suas redes sociais, Edwards subiu o tom para chamar a atenção do norte-americano.

Veja Também

VÍDEO: Borrachinha e Adesanya se encontram em hotel com clima amistoso e muitos risos
Árbitro interrompe luta, pergunta se lutadora nocauteada pode continuar e cria nova polêmica no UFC
Depois vitória, Covington cita duas lutas que gostaria de fazer e provoca possíveis rivais
Dana White se rende ao talento de Khamzat Chimaev: ‘Nunca vi algo assim na minha vida’

“Não se preocupem. Eu cuido do racista idiota, em dezembro. Vamos ver se Colby Covington vai se juntar ao grupo de ‘Eu não enfrento o Leon’ e vai sair correndo igual ao resto”, escreveu o inglês em sua conta no ‘Twitter’.

No início do ano, Leon havia acertado um confronto contra o próprio Woodley. O duelo promoveria o vencedor como próximo desafiante ao título da categoria. A luta, no entanto, acabou não acontecendo por conta da pandemia do coronavírus.

Edwards, que acabou ficando em seu país por precaução, foi substituído pelo brasileiro Gilbert Burns. O niteroiense derrotou Tyron no confronto e ultrapassou o inglês na corrida pelo título, assumindo a primeira posição no ranking.

Agora, Leon se vê sem oponente, já que todos os possíveis adversários do top 5, com exceção de Woodley e Covington, que lutaram no último sábado, negociam desafios para os próximos meses.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments