Acusado de doping por Adesanya, Borrachinha foi mais testado pela USADA do que o rival

Constantemente atacado, desafiante do peso médio possui números mais favoráveis do que o campeão

P. Borrachinha foi mais testado pela USADA do que I. Adesanya. Foto: Reprodução/Instagram @borrachinhamma

Paulo Borrachinha saiu em vantagem contra Israel Adesanya. A tão aguardada luta entre os rivais acontecerá no UFC 253, evento que será realizado neste sábado (26), em Abu Dhabi, porém um assunto polêmico foi solucionado. Antes mesmo do duelo válido pelo cinturão do peso médio (83,9kg) ser oficializado, ambos se atacavam de forma pesada e uma das acusações do campeão da categoria foi quanto a forma física do brasileiro.

Notoriamente grande para os médios, Borrachinha se tornou conhecido e temido por seu estilo agressivo no octógono e por ser muito forte. No entanto, apesar de muitos lutadores e fãs ficarem em dúvida quanto a naturalidade de seu físico, os números divulgados pela USADA, agência responsável pelo controle antidoping, não mentem e colocam um ponto final nessa discussão.

Veja Também

Confiante, Israel Adesanya ignora Paulo Borrachinha e revela contra quem deseja lutar
Companheiro de treino de Adesanya, Hooker acredita em luta fácil para o amigo no UFC 253: ‘Será um passeio’
Vídeo: Borrachinha joga faixa branca em Adesanya e atletas quase brigam em encarada para o UFC 253
Vídeo: Lutadores palpitam sobre ‘Israel Adesanya x Paulo Borrachinha’, que acontece neste sábado
Podcast SUPER LUTAS #010 analisa os destaques do UFC Vegas 11 e traz a prévia para Adesanya x Borrachinha

De acordo com a reportagem do Combate.com, o campeão do peso médio, Israel Adesanya, foi testado 32 vezes pela USADA, enquanto que o desafiante da categoria, Paulo Borrachinha, realizou 47 testes, ou seja, 15 de diferença.

Em 2017, primeiro ano do brasileiro no UFC, ele realizou três lutas em um intervalo de nove meses, nocauteou Gareth McLellan, Oluwale Bangbose e Johny Hendricks e foi testado oito vezes.

Em 2018, Borrachinha lutou apenas contra Uriah Hall, porém recebeu a visita dos agentes da USADA 18 vezes. No mesmo ano, Adesanya chegou ao UFC, realizou quatro lutas em um intervalo de dez meses, derrotou Rob Wilkinson, Marvin Vettori, Brad Tavares e Derek Brunson e foi testado nove vezes.

Em 2019, Borrachinha, em meio a lesões e cirurgias, novamente, atuou apenas uma vez, venceu Yoel Romero e foi testado 14 vezes. Inclusive, o brasileiro foi o atleta que mais fez testes antidoping naquele ano. Por sua vez, Adesanya realizou três lutas em um intervalo de nove meses, derrotou Anderson Silva, Kelvin Gastelum, Robert Whittaker, se tornou campeão dos médios e foi testado 13 vezes.

Em 2020, pela primeira vez, Adesanya foi mais testado que Borrachinha. O campeão venceu Romero, em março, e realizou 10 testes. Por outro lado, o desafiante ainda não lutou, mas esteve com os agentes da USADA sete vezes.

Vale lembrar que os lutadores que integram o programa de testes da USADA em parceria com o UFC são obrigados a informar todos os seus passos à agencia para que ela possa enviar seus funcionários, que visam manter o controle antidoping.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments