Confiante, Israel Adesanya ignora Paulo Borrachinha e revela contra quem deseja lutar

Campeão do peso médio mira combate contra Jared Cannonier e o considera um dos atletas mais perigosos da categoria

I. Adesanya gostaria de enfrentar J. Cannonier. Foto: Reprodução/Instagram

Israel Adesanya é um campeão que gosta de planejar a sua carreira com antecedência. O número um do peso médio (83,9kg) colocará o cinturão da categoria em jogo contra Paulo Borrachinha, no UFC 253, evento que será realizado no sábado (26), em Abu Dhabi, e, se depender dele, já tem o próximo desafiante definido.

Na coletiva de imprensa pré-show, ‘The Last Stylebender’ enalteceu as qualidades de Jared Cannonier e acredita que ele irá chocar o mundo contra o ex-campeão da categoria, Robert Whittaker.

Veja Também

Companheiro de treino de Adesanya, Hooker acredita em luta fácil para o amigo no UFC 253: ‘Será um passeio’
Cansado de lutar, Diego Sanchez planeja inaugurar escola da autoconsciência com seu mentor
Niko Price mostra gratidão e reverencia ídolo Donald Cerrone: ‘Quero ser como ele’
Dana White defende Covington de acusações de racismo contra Kamaru Usman: ‘Não vi isso’
Chimaev pede e Dana White confirma promessa em luta principal contra adversário ranqueado

“Depois de vencer Paulo, já armei o terreno para a próxima luta. Quero enfrentar Cannonier. Não estou subestimando Paulo. Só estou preparando o palco, porque sinto que Cannonier vai destruir Whittaker. Ele vai dominar! Já disse à Cannonier que, se ele fizer isso, será o próximo desafiante”, disse Adesanya.

E não parou por aí. O nigeriano confessou que não é de hoje que observa o lutador e o considera um dos mais temidos.

“Cannonier é o azarão dos médios. Estou de olho nele há muito tempo, porque, quando decidiu lutar nessa categoria, se tornou um assassino! Cannonier passou por uma reformulação parecida com a de Masvidal. Ele ressurgiu e o vejo sendo uma força formidável a ser interrompida. Estou ansioso por esse desafio”, finalizou.

A trajetória de Jared Cannonier no UFC é curiosa. Aos 36 anos, o peso médio está invicto na categoria e impressionou ao vencer as três lutas que disputou por nocaute. Suas vítimas foram Jack Hermansson, Anderson Silva e Dave Branch. Antes disso, ‘The Killa Gorilla’ havia lutado no peso pesado (120,2kg) e meio-pesado (93kg), tendo vencido três lutas e perdido quatro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Clesio Moreira de Matos
Clesio Moreira de Matos
23 dias atrás

Ou seja Canornie não venceu ninguém expressivo. A luta contra Anderson não vale pq ele se machucou. Aquilo não foi um nocaute técnico, foi um acidente de trabalho. Estava claro que Anderson já tinha uma pré lesão . Se Anderson não se lesiona, no máximoCanornie venceria por pontos. Se passar pelo ex campeão, principalmente se for de forma extremamente dominante ou avassaladora, aí se pode dizer que é forte na categoria.