Na reta final de sua carreira, Diego Sanchez gostaria de lutar contra Conor McGregor e lendas do MMA

Veterano pretende honrar seu contrato com o UFC e realizar as últimas quatro lutas contra o astro irlandês e os irmãos Diaz

D. Sanchez gostaria enfrentar lendas ao final de sua carreira. Foto: Reprodução/Instagram

Quatro lutas, esse é o número que separa Diego Sanchez da aposentadoria. A contagem regressiva começa no UFC 253, evento realizado no sábado (26), em Abu Dhabi, quando o veterano terá pela frente a promessa Jake Matthews, porém está pensando na reta final.

Na coletiva de imprensa pré-show, ‘The Nightmare’, um dos atletas mais queridos pelos fãs de MMA, expressou o desejo de enfrentar lendas do esporte. O norte-americano, de 38 anos, listou os irmãos Diaz como adversários ideais e Conor McGregor sendo a luta dos seus sonhos.

Veja Também

Confiante, Israel Adesanya ignora Paulo Borrachinha e revela contra quem deseja lutar
Companheiro de treino de Adesanya, Hooker acredita em luta fácil para o amigo no UFC 253: ‘Será um passeio’
Niko Price mostra gratidão e reverencia ídolo Donald Cerrone: ‘Quero ser como ele’
Animado com futuro do peso leve, Dan Hooker lista três lutadores que gostaria de enfrentar
Vídeo: Lutadores palpitam sobre ‘Israel Adesanya x Paulo Borrachinha’, que acontece neste sábado

“Meu objetivo nessas últimas quatro lutas no UFC é terminar forte e saudável. Não estou menosprezando Matthews, mas quero enfrentar lendas. Nick Diaz está voltando e existem outros nomes que me interessam. Enfrentar Nate Diaz também atrairia os fãs. McGregor seria a luta número quatro. Eu me imagino dominando essas três lutas e encerrando minha carreira com uma luta contra McGregor. Esse é o meu sonho, a minha visão. Enquanto construo meu legado e McGregor faz o que faz, estarei esperando no final da minha estrada, se ele quiser ser meu último adversário”

Diego Sanchez começou sua carreira no MMA em 2002, estreou no UFC em 2005 e segue na organização desde então. O veterano integrou a histórica primeira edição do TUF e a luta contra Jake Matthews será a de número 43, sendo 31 delas realizadas no UFC. Apesar de nunca ter sido campeão, Sanchez foi um dos poucos lutadores a competir em quatro pesos diferentes (pena, leve, meio-médio e médio) e, futuramente, deve integrar o Hall da Fama da organização. Em sua última aparição, venceu Michel Pereira de forma polêmica.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments