Animado com futuro do peso leve, Dan Hooker lista três lutadores que gostaria de enfrentar

Número quatro no ranking do peso leve, neozelandês deseja lutar pela terceira vez em 2020 para voltar ao caminho das vitórias

D. Hooker cita três lutadores que gostaria de enfrentar. Foto: Reprodução/Instagram

O peso leve (70,3kg) sempre foi uma das categorias mais interessantes para os fãs de MMA, devido a qualidade e diversidade de lutadores que apresenta e parece que a fase dela só melhora. Não à toa, o temido Khabib Nurmagomedov começa a perder um pouco do seu favoritismo. Dan Hooker, integrante do top-5, e um dos nomes da nova geração está empolgado com o futuro da divisão.

Ao site norte-americano Submission Radio, o neozelandês listou três atletas que gostaria de enfrentar em sua próxima luta. Um deles é Tony Ferguson, que foi elogiado. Por outro lado, Michael Chandler, recém-contratado junto ao Bellator, também foi lembrado, porém Hooker deseja mandá-lo de volta à organização.

Veja Também

Confiante, Israel Adesanya ignora Paulo Borrachinha e revela contra quem deseja lutar
Companheiro de treino de Adesanya, Hooker acredita em luta fácil para o amigo no UFC 253: ‘Será um passeio’
Niko Price mostra gratidão e reverencia ídolo Donald Cerrone: ‘Quero ser como ele’
Anthony Smith estranha desafio feito por Johnny Walker e promete surra: ‘Diferentes níveis’
Chimaev pede e Dana White confirma promessa em luta principal contra adversário ranqueado

“A melhor escolha, sem dúvida, seria Ferguson. Essa é uma luta que eu gostaria de fazer. Há uma mística em torno de Ferguson e adoraria competir contra ele. A segunda opção seria Chandler. Ele é o reserva da luta que vale o cinturão dos leves e isso mostra que o UFC espera muito dele. Adoraria recepcioná-lo no UFC e dar uma joelhada no rosto dele. Se Sean Shelby me ligar e quiser que eu lute contra Chandler, faremos isso em algum evento numerado. Ele é bom, mas nós, lutadores do UFC, temos um calibre diferente. Acertarei o queixo de Chandler e o mandarei de volta para a liga B”, disse Hooker.

Por último, mas não menos importante vem Charles do Bronx. Hooker informou que essa luta não é difícil de acontecer e pediu para o brasileiro colaborar.

“Em terceiro, está Charles. Alguns repórteres dizem que ele está me desafiando, mas não sei de nada. Ele pode falar ou fazer um vídeo. É só dizer “Hooker, quero lutar com você!”. Não é algo difícil. Não falo português, então não consigo entender, mas, se ele for mais claro, lutaremos. Aceitaria enfrentar qualquer um dos três. Basta Ferguson, Chandler e Charles levantarem a mão”, finalizou.

Atualmente, Dan Hooker se encontra na quarta posição do peso leve. Aos 30 anos, o neozelandês venceu três das últimas quatro lutas e sua última aparição foi na derrota para Dustin Poirier, em junho de 2020, luta que deve concorrer ao prêmio de melhor do ano no Oscar do MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments