Comentarista do UFC condena ‘sarrada’ de Adesanya em Borrachinha: ‘Foi grosseiro e desnecessário’

Ao mesmo tempo que reprovou a atitude do campeão do peso médio, Dan Hardy também admitiu que ficou impressionado com sua atuação

D. Hardy critica ‘sarrada’ de I. Adesanya. Foto: Reprodução/Instagram @danhardymma

Inconformados com a postura de Israel Adesanya após o UFC 253, realizado no sábado (26), Paulo Borrachinha e Wallid Ismail ganharam um aliado importante: Dan Hardy. O atual comentarista do UFC, que era polêmico em seus tempos de lutador, concorda com a dupla brasileira quanto ao posicionamento sobre a polêmica ‘sarrada’

Ao site norte-americano MMA Junkie, o inglês acha que essa atitude não combina com o que as artes marciais pregam e relembrou um episódio curioso também protagonizado pelo campeão do peso médio (83,9kg). No entanto, Hardy concorda que quando há um clima pesado como o que foi visto entre o brasileiro e o nigeriano, o pior pode acontecer, pois é difícil conter os ânimos.

Veja Também

Empresário de Borrachinha detona ‘sarrada’ de Adesanya: ‘Coisa de vagabundo, safado!’
Israel Adesanya não esquece rivalidade com Paulo Borrachinha e volta a atacar brasileiro
Desafiado por Israel Adesanya, Jon Jones responde e provoca rival: ‘Você não quer me enfrentar’
Jon Jones não perdoa derrota de Dominick Reyes e dispara: ‘Achou que era rei e não foi humilde’
Com luta marcada, Thiago Marreta desafia Jan Blachowicz e Israel Adesanya

“Foi grosseiro e desnecessário. Isso não é bom para o esporte, mas, ao mesmo tempo, vemos muitas estrelas aparecendo por polêmicas. Adesanya urinou no octógono em sua estreia no UFC. Não devemos nos surpreender com essas coisas. Havia muita animosidade entre eles e episódios como esse acabam acontecendo, porque a adrenalina está alta. Quantas vezes vimos comemorações bizarras? Eu mesmo já fiz isso. Você não sabe nem o que está dizendo nas entrevistas. Às vezes, é difícil manter o controle. Concordo que esse não é o espírito das artes marciais, mas os lutadores também têm que ser eles mesmos”, disse Hardy.

Apesar da crítica quanto aos gestos obscenos por parte de Adesanya, Hardy também elogiou o campeão dos médios e acredita que essa atuação foi tão incrível quanto as de Anderson Silva em seu auge.

“Se você é um lutador de três rounds e está lutando cinco, não vai aguentar o ritmo. Paulo fez certo em dosar a energia no primeiro round, mas errou ao deixar Adesanya confortável e com tempo para atacar, mesmo estando com gás. Não acho que Paulo entendeu o jogo de Adesanya. Quando Anderson Silva estreou no UFC, era como se fosse bruxaria. Os adversários, simplesmente, não sabiam o que fazer. O que ele fez com Leben, Adesanya fez com Paulo. Foram atuações desconcertantes, fantásticas. Acho que, quando você luta contra Adesanya, não se pode realmente entender como é até que esteja lá. E, quando chega essa hora, é tarde demais”, finalizou.

Dan Hardy é vocal desde os tempos de lutador e, por isso, se envolveu em algumas polêmicas ao longo da carreira. Recentemente, o comentarista foi criticado por ter discutido com o árbitro Herb Dean.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments