Daniel Cormier confessa fascínio por possível superluta entre Jon Jones e Israel Adesanya

Ex-campeão e atual comentarista aponta favorito para o duelo, elogia a dupla e não considera a dúvida quanto ao peso um fator problemático

J. Jones (esq.) e I. Adesanya (dir.) podem se enfrentar. Foto: Reprodução/Instagram

De tempos em tempos, o MMA apresenta alguns embates elevados ao status de superluta e o mais recente que atingiu esse posto é o choque entre Jon Jones e Israel Adesanya. A dupla entrou em rota de colisão e não consegue esconder a rivalidade, seja em entrevistas ou nas redes sociais, e o trash talk é pesado. As declarações chamaram a atenção dos fãs e também de Daniel Cormier, atual comentarista da ESPN americana.

Na coletiva de imprensa pré-UFC Ilha da Luta 6, ‘DC’, que conhece Jones como ninguém, garantiu que o mesmo deseja enfrentar o campeão do peso médio (83,9kg), e não só mostrou encantamento ao falar sobre a relação entre eles, como também a comparou com a que teve com o ex-número um do peso meio-pesado (93kg).

Veja Também

Jan Blachowicz acusa Jon Jones de subir para o peso pesado por estar com medo: ‘Teme o lendário poder polonês’
Jan Blachowicz responde provocação feita por Israel Adesanya: ‘Não é o melhor nem no videogame’
Israel Adesanya se defende das críticas pela ‘sarrada’ em Paulo Borrachinha: ‘É homofobia’
Khabib Nurmagomedov não esquece rivalidade e nega ser treinador do TUF ao lado de Conor McGregor: ‘Nem por cinco bilhões’
Prestes a defender o cinturão do Bellator, Cris Cyborg ainda deseja revanche contra Amanda Nunes

“Jones quer lutar contra Adesanya. Muitos o criticam, mas Jones é um lutador de verdade! Ele vai lutar com você e contra todos. Ele quer, mas Adesanya não. Adesanya está mexendo com ele, porque está longe. Não estou dizendo que está assustado, mas ele mesmo já disse que precisa de tempo. Acho fascinante a maneira como os dois interagem. É selvagem e essas rivalidades tendem a ficar desagradáveis. Minha rivalidade com Jones não foi bonita, mas os fãs gostaram, assim como essa. Espero que eles lutem em algum momento”, disse Cormier.

Sincero, Cormier consegue enxergar Jones como favorito, mesmo com a grande fase de Adesanya, mas ressaltou que, quanto mais o tempo passa, melhor para o nigeriano, que evolui a cada luta.

“É uma luta muito interessante e Adesanya está melhorando a cada atuação. Se eu fosse Jones, lutaria com ele agora e não no futuro. Adesanya está no MMA há pouco tempo e já se parece com um campeão imbatível. Adesanya não deveria enfrentar Jones, porque ele é insano! Adesanya está deixando Jones ainda mais louco e pode não lutar com ele. Imaginam isso? Não acho que Adesanya esteja pronto hoje, mas seria fantástico”, opinou.

‘DC’, assim como os fãs, não sabe em que categoria o duelo pode acontecer, mas acredita que esse seja o menor dos problemas.

“Em que peso eles vão lutar? Jones está subindo para os pesados, mas vai voltar? Lutar nos meio-pesados é difícil. Foi terrível para mim e é difícil para Jones também. Ele é grande. Se Adesanya sobe e derrota Blachowicz, pode fazer Jones retornar. Eu, realmente, não me importo com o peso. Adesanya é grande também”, finalizou.

A luta entre Jon Jones e Israel Adesanya também é bem vista por Dana White, que já expressou o interesse em realizá-la. Para o nigeriano, esse é o maior combate da história do UFC e muitos acreditam que ele seja o adversário ideal para o norte-americano lutar da mesma forma que chocou o mundo durante seu reinado no peso meio-pesado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments