Aljamain Sterling vence corrida e enfrenta Petr Yan pelo cinturão dos galos no UFC 256

Norte-americano supera Cory Sandhagen e vai trocar forças contra o campeão no card de 12 de dezembro

P. Yan (esq.) defende cinturão dos galos contra A. Sterling (dir.) no UFC 256. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Após meses de negociações, Petr Yan tem seu adversário confirmado para a primeira defesa do título dos galos (até 61,2kg.). O russo vai enfrentar Aljamain Sterling, que venceu a corrida pela disputa. O embate acontecerá em 12 de dezembro, pelo UFC 256, em Las Vegas (EUA). A informação foi confirmada pelo presidente da empresa, Dana White, nesta quarta-feira (14), ao ‘Yahoo Sports’.

Veja Também

O nocaute de Joaquin Buckley é o maior da história? Relembre outros finais marcantes no UFC
Após derrota, Marlon Moraes cai para terceiro no ranking dos galos; Sterling assume liderança
Khabib Nurmagomedov acredita que Tony Ferguson está acabado após perder para Justin Gaethje
Após criticar Jan Blachowicz, Daniel Cormier se rende ao novo campeão: ‘Inspiração para a nova geração’

Após a última atualização no ranking do Ultimate, tudo dava a crer que Sterling seria o escolhido para trocar forças contra Yan. Nesta terça-feira (13), o norte-americano ocupou o lugar que era de Marlon Moraes – derrotado no último final de semana por Cory Sandhagen – e, hoje, lidera o grupo, atrás apenas do campeão.

Aljamain conquistou a condição de desafiante depois de uma vitória relâmpago sobre o próprio Sandhagen, que hoje é o número dois da divisão. Na ocasião, em embate realizado em julho, no UFC 250, Sterling precisou de menos de dois minutos para finalizar um dos atletas mais perigosos da divisão.

Atento aos possíveis rivais, Petr se tornou campeão do grupo em julho, no UFC 251. O russo ocupou o trono abdicado por Henry Cejudo após vencer uma batalha contra o brasileiro José Aldo.

O embate entre Yan e Sterling representará a luta co-principal do UFC 256. O protagonismo do espetáculo será assumido pela brasileira Amanda Nunes e Megan Anderson. Em dezembro, a ‘Leoa’ colocará seu cinturão peso pena (até 65,7kg.) mais uma vez em jogo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments