Justin Gaethje questiona durabilidade de Khabib Nurmagomedov: 'Não gosta de ser atingido' | SUPER LUTAS

Justin Gaethje questiona durabilidade de Khabib Nurmagomedov: ‘Não gosta de ser atingido’

Campeão interino do peso leve acredita que o russo 'não sabe sofrer' e quer ver a reação do mesmo ao ser atingido repetidas vezes

J. Gaethje promete causar danos em K. Nurmagomedov. Foto: Reprodução/Instagram

Justin Gaethje é um homem em uma missão e não liga para o fato de ser o azarão contra Khabib Nurmagomedov, no UFC 254. Pelo contrário, para o evento que será realizado neste sábado (24), em Abu Dhabi, o campeão interino do peso leve (70,3kg) e desafiante ao cinturão linear prometeu levar o número um da categoria ao seu limite.

Em entrevista ao site norte-americano Morning Kombat, Gaethje lembrou que seu estilo violento representa tudo que Khabib não gosta, nem encontrou em seus duelos, tem certeza de que o russo não gosta de ser atingido e está curioso para saber como ele lidará com isso.

Veja Também

“Eu crio danos! Se não acerto em cheio, ainda machuco e corto o adversário. Em uma luta de 25 minutos, vou causar danos em Khabib, de uma forma ou de outra. Ferguson adora isso, mas, com certeza, Khabib não gosta. A prioridade dele é não sofrer danos para ter uma vida de qualidade e isso é admirável, mas, quando eu acertar, para onde vai a mente dele, quando sua intenção é não se machucar? Não sei e por isso estou animado para ver sua reação”, disse Gaethje.

‘The Louisiana Kid’ revelou quais pontos do adversário pretende atacar e, por mais que saiba da importância da luta e que tenha que tomar a iniciativa, informou que não irá cometer loucuras e se precipitar.

“Acho que Khabib nunca foi atingido tantas vezes nas pernas, nem no corpo. Ninguém foi capaz de fazer isso. Essa luta é grandiosa, mas tenho que me concentrar e ter os pés no chão. Não posso ir com tudo no início, porque há algo em jogo e serão 25 minutos. Terei que ser perfeito nesse tempo e estou me preparando pra isso”

Justin Gaethje vive grande fase e está confiante para disputar o cinturão do peso leve do UFC. O norte-americano venceu quatro lutas consecutivas, sendo todas por nocaute, e a mais recente foi, justamente, em cima de Tony Ferguson, impedindo assim um dos combates mais aguardados pela comunidade do MMA.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments