Werdum confirma estar próximo do Bellator e aguarda resposta de Fedor: 'Quero que seja a primeira luta' | SUPER LUTAS

Werdum confirma estar próximo do Bellator e aguarda resposta de Fedor: ‘Quero que seja a primeira luta’

Ex-campeão peso pesado do UFC, brasileiro deve assinar contrato com a concorrente e encerrar sua carreira na organização; plano de superluta contra russo segue como prioridade

F. Werdum deve lutar pelo Bellator nos próximos anos. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de encerrar sua passagem vitoriosa pelo UFC em julho, Fabrício Werdum confirmou que está próximo de assinar contrato com o Bellator. O veterano de 43 anos contou que deve fechar negócio com a empresa presidida por Scott Coker e vê a revanche contra Fedor Emelianenko como prioridade para sua estreia com as luvas da companhia.

Veja Também

“O que falta é Fedor aceitar (a luta). Eu vi que ele disse que lutaria, mas não sei se ele falou ou não disse que não. Nós estamos aguardando a decisão de Fedor para assinar o contrato e para essa ser minha primeira luta”, disse o brasileiro, em entrevista ao ‘Ag.Fight’.

Mesmo com o desejo de promover a reedição do confronto histórico realizado em 2010, quando ainda atuava pelo Strikeforce, Fabrício garante que seu plano não é apenas trocar forças contra o lendário russo. Werdum garante que sua ideia é realizar mais algumas lutas até chegar o momento de se retirar do esporte.

“Eu vou fechar mais algumas lutas com o Bellator, quero fazer mais e encerrar minha carreira em um evento. Eu fechei com o Bellator? 100%. Eu quero que estes últimos dois anos sejam em um evento”, garantiu o ‘Vai Cavalo.

Mesmo focado em se testar novamente contra aquele que, para muitos, é o melhor peso pesado da história do MMA, Fabrício afirma que o embate não pesa para sua decisão de assinar com o Bellator. O ex-campeão do UFC quer integrar o grupo independente da presença do russo.

“O que importa é a luta com Fedor na estreia. Seria o ideal, mas, se não acontecer, eu fecharia o contrato de qualquer forma. Eu enfrentaria outros caras também, pelo respeito que tenho por Scott Coker”, finalizou.

Fabrício se apresentou pela última vez com as luvas do UFC em julho, quando bateu com facilidade Alexander Gustafsson, que fazia sua estreia nos pesados da organização. O confronto marcou a despedida do gaúcho no Ultimate, que estava na última luta de seu contrato, e optou pela não-renovação.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments