Sem luta marcada, Ferguson não desiste de Khabib: ‘Vai me ver antes de se aposentar”

Ainda considerado um dos nomes mais perigosos no peso leve, norte-americano segue com o sonho de promover uma das lutas mais aguardadas dos últimos anos

K. Nurmagomedov (esq.) e T. Ferguson (dir.) fazem encarada em 2018. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

A dura derrota para Justin Gaethje, em maio, não abalou os planos de Tony Ferguson para seu futuro na categoria. Sem adversário e de olho no UFC 254, que acontece neste sábado (24), em Abu Dhabi, o ‘Bicho Papão’ garante que seu embate contra Khabib Nurmagomedov segue vivo em seus planos e que, eventualmente, o mundo poderá assistir o combate, que já foi cancelado em cinco oportunidades.

Veja Também

Como assistir o UFC 254, com Khabib x Gaethje, AO VIVO pela televisão e internet
Khabib se diz pronto para derrubar Gaethje 100 vezes no UFC 254: ‘A noite toda’
Khabib Nurmagomedov reforça interesse em enfrentar GSP: ‘Única luta que me deixa empolgado’
Justin Gaethje confessa ser fã de Khabib Nurmagomedov, mas o adverte: ‘Nunca enfrentou alguém como eu’
Dana analisa legado de Khabib, em caso de vitória no UFC 254: ‘No caminho para ser o melhor da história’

“Eu sinto o medo na sua voz, se ele pensa que tem que falar mal das pessoas. Ele não pode colocar essa mer** na minha cabeça. Eu vou lutar com Khabib uma hora ou outra. Ele vai me enfrentar antes que se aposente”, afirmou o norte-americano, em entrevista à ‘ESPN’.

Ferguson também fez questão de revelar o que pensa a respeito das críticas que recebeu após sua derrota para Justin Gaethje, que lhe rendeu a perda da chance de enfrentar Khabib pela unificação do título. Segundo o ‘Bicho Papão’, sua presença na organização ainda é motivo de preocupação para muitos adversários.

“Acho que todos estão me menosprezando depois da minha derrota, e que se fod**. Os fãs casuais estão tentando, mas meus apoiadores são maiores. Eles sabem muito. Meu valor é enorme”, explicou Tony.

Considerado um dos atletas mais imponentes e temidos da divisão dos leves, Ferguson, então, explicou que aprendeu muito depois do resultado negativo diante de Gaethje. Segundo o norte-americano, há lições a serem absorvidas do UFC 249.

“Eu aprendi muito sobre mim naquela luta. Não vou me colocar naquela posição de novo, de levar tantos danos. Eu queria ver o quão durão eu sou, e descobri. Aquilo assusta as pessoas, então, aprendi como trabalhar melhor e com mais eficiência”, finalizou.

Sem atuar desde o revés contra Justin, Ferguson esteve perto de confirmar sua presença no card deste final de semana. O ‘Bicho Papão’ negociava para encarar o também antigo campeão interino, Dustin Poirier, em um combate que prometia muita ação. Os atletas, no entanto, não chegaram a um acordo financeiro satisfatório com a companhia e o duelo acabou não saindo do papel.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments