Santiago Ponzinibbio comemora saída de Colby Covington da ATT e gostaria de enfrentar o ex-parceiro de treino

Argentino, que não luta desde 2018, considera o bad boy um dos melhores lutadores do peso meio-médio, mas acredita que pode nocauteá-lo

S. Ponzinibbio planeja enfrentar C. Covington, que saiu da ATT. Foto: Divulgação/Facebook

As declarações polêmicas de Colby Covington o tornaram alvo de mais um atleta: Santiago Ponzinibbio. O argentino, que treina na ATT, não gostou de ver o bad boy atacando outros membros da academia, como Jorge Masvidal, Dustin Poirier e Joanna Jedrzejczyk, e essa intriga culminou na saída do atleta.

Em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie, Santiago comemorou o fato de Covington não ser mais integrante da American Top Team, pois o clima ficava pesado e revelou que, apesar de não ter se desentendido com ‘Chaos’, adoraria enfrentá-lo, já que deseja voltar ao top-15 do peso meio-médio (77,6kg) e o considera um dos melhores da categoria.

Veja Também

Israel Adesanya não esquece Jon Jones e promete superar seus feitos: ‘Vou fazer o que ele não conseguiu’
Dustin Poirier critica Justin Gaethje por menosprezar o cinturão interino: ‘Honro e valorizo o meu trabalho’
Pensando na trilogia com Amanda Nunes, Valentina Shevchenko discorda do placar entre elas: ‘Venci a segunda luta’

“Covington teve que deixar a ATT depois do papel que começou a desempenhar. Ele trazia uma energia ruim. Foi uma atitude idiota da parte dele e isso foi bom para a ATT. Estamos melhor sem ele. Nunca fomos amigos. Treinei com ele algumas vezes, porque nosso treinador era o mesmo (Mike Brown), mas nunca fizemos amizade. Sempre foi trabalho. É isso e nada mais. Não tenho nada contra Covington. Ele é um grande lutador, um dos melhores da categoria e é uma luta que me interessa. Essa é uma boa luta para mim e acho que venceria por nocaute”, disse Santiago.

Santiago Ponzinibbio, de 34 anos, foi visto em ação pela última vez em novembro de 2018, quando nocauteou Neil Magny. De lá para cá, o argentino sofreu inúmeras lesões, passou por algumas cirurgias e teve Covid-19. Livre, ‘Gente Boa’ deseja recuperar o tempo perdido e dar continuidade a sua sequência de sete vitórias consecutivas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments