Com Israel Adesanya na mira, Robert Whittaker volta a negar luta contra Paulo Borrachinha: ‘Totalmente inviável’

Ex-campeão dos médios não se interessa pelo duelo, muito menos na data mencionada pelo brasileiro, e deseja se vingar do nigeriano

R. Whittaker não tem pressa para ter revanche contra I. Adesanya. Foto: Reprodução/Facebook RobertWhittaker

A vitória sobre Jared Cannonier deixou Robert Whittaker em uma situação confortável no peso médio (83,9kg) do UFC. Tanto é que o ex-campeão da categoria não tem pressa para voltar a lutar. De acordo com Dana White, o neozelandês recusou até mesmo a chance de lutar novamente pelo cinturão e o próprio também disse não a Paulo Borrachinha, mesmo com o brasileiro dando a entender que o duelo estaria perto de ser oficializado.

Em entrevista ao site norte-americano Submission Radio, Whittaker voltou a negar interesse em enfrentar Paulo Borrachinha e ressaltou que não atua em dezembro, pois pretende descansar e comemorar as datas especiais com sua família.

Veja Também

Com crédito no Ultimate, Gilbert Durinho expressa desejo de ser treinador do TUF
Demian Maia aceita desafio feito por Diego Sanchez para a realização de luta entre lendas do MMA
Desafiado por Jan Blachowicz, Daniel Cormier revela que quase saiu da aposentadoria: ‘Ideia durou 15 minutos’
Michael Chandler recusa desafio de Rafael dos Anjos para substituir Makhachev: ‘Outros planos’
Ultimate encaminha luta entre Conor McGregor e Dustin Poirier para o UFC 257

“Não ouvi nada sobre essa luta. Paulo disse dezembro? Não há como eu lutar em dezembro! De jeito nenhum! Eu não ia lutar pelo cinturão em dezembro, muito menos com ele. Não há nada acontecendo”, disse Whittaker.

Whittaker também aproveitou para informar que gostaria sim de enfrentar Israel Adesanya novamente e que essa é a luta que lhe deixa animado.

“A bola está na quadra de Adesanya. Ele é o campeão e me venceu na última vez. Quero muito essa luta e eu não deveria ter perdido na primeira vez, mas estou empolgado. Lutar nunca é divertido, é estressante, mas estou ansioso por essa revanche. Como lutador, quero acertar as contas com ele”, finalizou.

Após perder o cinturão do peso médio, Robert Whittaker disputou duas lutas em 2020 e venceu Darren Till e Jared Cannonier. Atualmente, o neozelandês se encontra na primeira posição no ranking da categoria e próximo de se tornar o desafiante dela.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments