Mesmo aposentado, Khabib Nurmagomedov continua sendo testado pela USADA: ‘Foi a 47ª vez’

Registro pode indicar que o ex-campeão dos leves do UFC pode voltar a lutar e realizar o sonho de seu falecido pai

J. Mendez (dir) elogia força de K. Nurmagomedov (centro), após morte de seu pai (esq). Foto: Reprodução/Instagram

Khabib Nurmagomedov não está curtindo a aposentadoria como deveria, muito menos tendo tranquilidade em sua fase pós-luta. O temido russo, que surpreendeu ao antecipar sua despedida do MMA ao finalizar Justin Gaethje, no segundo round, em outubro de 2020, continua no radar da USADA, agência que fiscaliza a questão do doping no esporte.

Em suas redes sociais, o ex-campeão do peso leve (70,3kg) do UFC postou uma foto do exato momento que recebeu a visita da entidade e pareceu não ter gostado muito, já que essa foi a 47ª vez que foi testado.

Veja Também

Motivado pelo triunfo de Dos Anjos, Cerrone anuncia volta aos leves e promete impressionar em 2021
Daniel Cormier exclui Jones e Anderson Silva de lista de melhores da história: ‘O antidoping te elimina’
Após salvar o UFC Las Vegas 14, Paul Felder critica atletas que não batem o peso: ‘Façam o que é certo!’
Mesmo com luta marcada contra Leon Edwards, Khamzat Chimaev desafia irmãos Diaz

“Essa foi a 47ª vez que fui testado pela USADA desde 2015. Apenas pensem nesse número”, postou Khabib em seu Instagram.

A aparição da USADA no MMA tornou o esporte muito mais limpo, seguro e lhe atribuiu uma maior credibilidade. Não à toa, muitos atletas reprovaram nos exames, foram flagrados usando substâncias proibidas, ficaram afastados como punição e, quando voltaram a atuar, não foram mais os mesmos.

No entanto, a situação foi especial, porque, ao ser testado, tudo indica que Khabib Nurmagomedov pode voltar a lutar. O ex-campeão do peso leve se aposentou de forma invicta, com 29 vitórias, mas o desejo de seu pai, Abdulmanap, sempre foi ver o filho encerrando a carreira com o cartel de 30-0 e enfrentando o lendário Georges St-Pierre em sua despedida. Dana White, presidente do UFC, também gostaria de contar com o russo por mais tempo e já informou que vai fazer de tudo para convencer Khabib e realizar essa superluta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments